Prefeitura do Rio terá que criar repúblicas para jovens não adotados

Publicado em quinta-feira, 26 Novembro, 2020 - 19:30 Por Tatiana Alves - Rio de Janeiro

A prefeitura do Rio de Janeiro terá que criar repúblicas para jovens  que alcançam a maioridade antes de serem adotados ou não têm mais vínculo com suas famílias. A decisão é resultado de uma ação da Defensoria Pública do Rio. A Ação Civil Pública foi proposta pela Coordenadoria de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente ainda em 2012.
A decisão em última instância do Superior Tribunal de Justiça (STJ) confirma o veredito do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, e prevê prazo de 180 dias para que o município crie, execute e garanta a manutenção permanente das repúblicas de jovens. O descumprimento acarretará multa de R$ 100 mil diários. Ainda em 2016, o município foi condenado pelo tribunal de justiça do estado. Desde então a prefeitura busca impugnar a decisão.
 As unidades devem ser organizadas em femininas e masculinas. As repúblicas são destinadas aos jovens entre 18 e 21 anos que saíram do acolhimento sem vínculos familiares, ou que estejam em situação de vulnerabilidade social.

O pedido da Defensoria ressalta que a falta das repúblicas vem gerando sérios prejuízos aos interesses de jovens acolhidos até a maioridade, tornando necessário ações na justiça para que eles sejam incluídos em programas de moradia. O cumprimento da decisão será provisório, até o julgamento final dos pedidos de impugnação.

Edição: Ana Pimenta

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Economia

Novo sistema reduz para um dia tempo de abertura de empresa

Balcão Único quer acabar com burocracia que dificulta empreendedorismo no Brasil. Projeto do Ministério da Economia foi implantado inicialmente na cidade de São Paulo.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

RJ teve 3 registros de possível intolerância religiosa por dia em 2020

No total foram 1.355 casos levados às delegacias do estado, a maior parte de injúria por preconceito, quando uma pessoa é discriminada em razão da sua raça, cor, etnia ou religião. Dados foram divulgados na véspera do Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa.

Baixar arquivo
Esportes

Ex-presidente do Flamengo vira réu por incêndio no Ninho do Urubu

Justiça do Rio recebeu denúncia feita pelo Ministério Público contra Eduardo Bandeira de Mello e outras dez pessoas. Incêndio no centro de treinamento do time em fevereiro de 2019 deixou dez adolescentes mortos e três feridos.

Baixar arquivo
Internacional

Biden toma posse com missão de combater covid-19 e unificar EUA

Donald Trump não compareceu à transmissão de cargo. A tradição de transferência de cargo não era rompida desde que em 1869 Andrew Johnson não compareceu à posse de Ulysses Grant.

Baixar arquivo
Geral

Covid-19: Boa Vista limita horário de comércio e espaços públicos

A prefeitura de Boa Vista editou um decreto com novas medidas para evitar a disseminação do coronavírus na capital roraimense.

Baixar arquivo
Internacional

Estudo mostra que vacina Pfizer/BioNTech inibe mutação do coronavírus

Resultados foram divulgados em versão preliminar, sem revisão de outros pesquisadores ou publicação científica.

Baixar arquivo