Entidade denuncia irregularidades no acesso a cesta básica por alunos

FNDE diz que 50 milhões de refeições foram distribuídas em 2020

Publicado em 06/05/2021 - 14:34 Por Lucas Pordeus León - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Organizações de Direitos Humanos denunciam a violação do direito à alimentação escolar durante a pandemia. A plataforma Dhesca Brasil, que reúne 45 entidades, afirma que identificou a distribuição insuficiente, irregular e sem qualidade de cestas básicas para alunos da rede pública de ensino. 

A denúncia foi protocolada na Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, no Conselho Nacional de Direitos Humanos e na Comissão de Educação do Senado, e também em secretarias estaduais de educação do país.

A assessora política do Inesc, o Instituto de Estudos Socioeconômicos, Cleo Manhas, destaca que o Programa Nacional de Alimentação Escolar já apresentava problemas mesmo antes da pandemia.

Para a especialista, a deficiência na distribuição de alimentos coloca em risco a saúde dos alunos mais vulneráveis.

Responsável pelo repasse dos recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar, o diretor de Ações Educacionais do FNDE, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, Garigham Amarante, informou que foram distribuídos recursos para 50 milhões de refeições em 2020, mas que a prestação de contas do ano passado pode ser feita até julho deste ano.

Com a suspensão das aulas no ano passado por causa da pandemia, o Congresso Nacional aprovou uma lei para que os alimentos continuem sendo distribuídos às famílias dos alunos matriculados nas redes pública de ensino, sendo essa uma responsabilidade dos gestores locais de ensino.

No estado do Rio de Janeiro, por exemplo, a Secretaria de Educação informou que foram entregues 2 milhões de kits de alimentação no ano passado. Sendo cada escola responsável pela compra dos itens, pelo levantamento dos estudantes interessados em receber o alimento, além da entrega em dias alternados.

 

 

Edição: Nádia Faggiani/ Adrielen Alves

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Ministério de Direitos Humanos lança campanha contra trabalho infantil

12 de junho é o Dia Internacional e Nacional de Combate ao Trabalho Infantil. No Brasil, é ilegal qualquer tipo de trabalho realizado por crianças ou adolescentes com menos de 16 anos, independentemente da finalidade ou remuneração.

Baixar arquivo
Geral

Criminoso mais procurado do Rio é morto em ação da Polícia Civil

A Polícia Civil do Rio de Janeiro capturou neste sábado (12) Wellington da Silva Braga, conhecido como Ecko, chefe da maior milícia em atividade do

Baixar arquivo
Esportes

Seleção venezuelana confirma 12 casos positivos para covid-19

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que foi notificada pela Confederação Sul-americana de Futebol, a Conmebol, nessa sexta-feira (12), de que 12 integrantes da seleção venezuelana de futebol, entre

Baixar arquivo
Geral

Queiroga diz que todos os brasileiros devem ser vacinados este ano

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, assegurou neste sábado (12), que todos os brasileiros com mais de 18 anos deverão estar vacinados contra a covid-19 até o final deste ano.

Baixar arquivo
Geral

Cristo Redentor é iluminado de vermelho contra trabalho infantil

O monumento ao Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, vai ser iluminado com a cor vermelha a partir das 18 horas deste sábado (12).

Baixar arquivo
Geral

Políticos repercutem a morte de Marco Maciel, aos 80 anos

Morreu neste sábado (12), o ex-vice-presidente da República Marco Maciel, aos 80 anos, em Brasília.

O político, nascido em Pernambuco, esteve no cargo entre 1995 e 2002, eleito junto com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Ele era filiado ao PFL, hoje DEM.

Baixar arquivo