Sete mil crianças e adolescentes são mortos a cada ano, diz Unicef

Publicado em 22/10/2021 - 16:19 Por Leandro Martins - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Sete mil crianças e adolescentes, em média, são mortos a cada ano no Brasil. E 45 mil meninos e meninas sofrem violência sexual no país anualmente, desde 2016.

Os dados são do Panorama da Violência Letal e Sexual contra Crianças e Adolescentes no Brasil, lançado nesta sexta-feira pelo Unicef, o Fundo das Nações Unidas para a Infância, e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

O documento traz uma análise inédita a partir de boletins de ocorrência nos 26 estados e do Distrito Federal. 

Das 35 mil mortes violentas de pessoas até 19 anos, identificadas entre 2016 e 2020, cerca de 20 por dia, mais de 31 mil tinham entre 15 e 19 anos.

No total de crianças de até nove anos mortas de forma violenta, mais da metade, ou 56%, eram negras, uma a cada três vítimas era menina, 40% morreram dentro de casa, e, quase a metade, 46% das mortes, ocorreram pelo uso de arma de fogo.

A representante do Unicef no Brasil, Florence Bauer, analisa o que pode ser feito para prevenir esses crimes, como denúncia as autoridades.

Já a violência sexual é um crime que acontece mais na infância e no início da adolescência. Os dados apresentados são do período entre 2017 e 2020, quando foram registrados quase 180 mil casos de estupro com vítimas de até 19 anos, sendo um a cada três em crianças de até 10 anos. 

Quase 80% das vítimas são meninas entre 10 e 14 anos de idade. No caso dos meninos, o crime se concentra na infância, especialmente entre 3 e 9 anos de idade.

E quando há informações sobre a autoria dos crimes, mais de 85% eram pessoas conhecidas da família, como explica a diretora executiva do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Samira Bueno.

Em 2020, ano em que começou a pandemia de covid-19, houve uma queda no número de registros de violência sexual. Mas os analistas acreditam que isso se deve ao período de isolamento social mais forte no Brasil, o que pode representar subnotificação.

Edição: Sâmia Mendes - GT Passos

Últimas notícias
Saúde

STF cobra medidas para barrar novas contaminações de Covid

O Ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, determinou que em 48h o governo federal decida sobre adoções de medidas para barrar novas contaminações de Covid a partir de passageiros vindos do exterior.

Baixar arquivo
Esportes

Confira os jogos de futebol desta segunda-feira

Ás 19h, o São Paulo enfrenta o Juventude e o Atlético Paranaense enfrenta o Palmeiras. Às 20h, o Flamengo recebe o Santos no Maracanã e Internacional e Atlético Goianiense jogam no Sul. O Cuiabá recebe o Fortaleza em Mato Grosso. E para fechar, às 21h, a Chapecoense vai enfrentar o Sport.

Baixar arquivo
Saúde

Prefeito de Nova Iorque exige vacinação obrigatória para setor privado

As campanhas de vacinação estão se reforçando em boa parte do mundo. O Chile começou a vacinar as crianças entre 3 e 5 anos contra a Covid nessa segunda-feira. O país também avança na vacinação da terceira dose, a chamada dose de reforço para adultos.

Baixar arquivo
Saúde

Mais de 90% da população, em 9 estados, estão vacinados contra a Covid

Nove estados brasileiros ultrapassaram a marca de 90% da população-alvo vacinada com a primeira dose da vacina. São eles: Santa Catarina, Roraima, São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraíba, Piauí, Paraná e Rio Grande do Sul.

Baixar arquivo
Segurança

Casos de feminicídios caem em São Paulo

No entanto, outras formas de violência contra a mulher aumentaram no período. É o caso da lesão corporal dolosa contra mulheres, ou seja, casos de agressão que não têm como resultado a morte das vítimas, aumentaram  9,3 % no estado e 35,9%  na capital paulista.

Baixar arquivo
Educação

No Pará, Alepa aprova ensino obrigatório de espanhol na rede pública

O projeto aprovado em dois turnos na Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) torna obrigatório a ministração da disciplina de língua espanhola aos alunos da rede paraense de ensino.

Baixar arquivo