Ferramenta conecta crianças e adolescentes ao Disque 100

Publicado em 14/10/2021 - 09:02 Por Daniella Longuinho - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, em parceria com a Unicef, Fundo das Nações Unidas para a Infância, lançou o aplicativo ‘SABE – conhecer, aprender e proteger’. 

A ferramenta interativa conecta o público infanto-juvenil diretamente ao Disque 100. O objetivo é facilitar a comunicação e pedido de ajuda em situações de violações de direitos humanos. 

O anúncio foi feito durante evento em celebração ao Dia da Criança na tarde desta quarta-feira, junto a outras ações para o fortalecimento dos direitos do público infanto juvenil.

Segundo o governo federal, de janeiro a setembro deste ano, mais de 119 mil denúncias de violações de direitos de crianças e adolescentes foram registradas no Disque 100. Em 94% dos casos foram adultos que realizaram as denúncias.

O secretário Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, Maurício Cunha, destacou que esse grupo vulnerável já é o que mais sofre violência no país. Para o dirigente, o aplicativo SABE vai ajudar a mudar essa realidade. 

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, ressaltou que a ferramenta veio para auxiliar uma demanda de crianças e adolescentes junto ao Disque Direitos Humanos.

Também em parceria com a Ouvidoria Nacional foi anunciado um novo canal de denúncia exclusivo para profissionais de educação: é o Disque 1510, número que faz referência ao Dia do Professor. O telefone conecta esses profissionais, que são aliados do poder público na percepção de sinais que identificam violência ou maus tratos, ao atendimento especializado do Disque 100.

Durante o evento, a ministra Damares Alves também anunciou, com o ministro da Justiça, Anderson Torres, a elaboração de estudo sobre qualificação de conteúdos para crianças e adolescentes. Já com o ministro da Cidadania, João Roma, Damares Alves divulgou abertura de prazo para novas adesões ao programa Criança Feliz.

Edição: Raquel Mariano/Edgard Matsuki

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Esportes

Rio é escolhido como principal viagem esportiva da América do Sul

O anúncio foi feito, em Londres, pelo World Travel Awards, iniciativa global que reconhece a excelência em viagens e turismo mundo afora.

Baixar arquivo
Saúde

Conitec recomenda consulta pública sobre tratamento de covid-19

A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde, do Ministério da Saúde, recomendou hoje (21) o encaminhamento para consulta pública das diretrizes sobre os medicamentos para tratamento de covid-19. A reunião extraordinária da Conitec ocorreu na manhã desta quinta-feira e durou cerca de cinco horas.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

7 mil crianças e adolescentes são mortos a cada ano, diz UNICEF

7 mil crianças e adolescentes, em média, são mortos a cada ano no Brasil. E 45 mil meninos e meninas sofrem violência sexual no país anualmente, desde 2016.

Baixar arquivo
Educação

Rondônia proibe que escolas usem linguagem neutra, como o "todes"

A linguagem neutra propõe o uso de expressões e troca de letras em palavras para evitar a binaridade entre os gêneros masculino e feminino. Por exemplo, amigos ficaria “amigues” e os pronomes ele e ela, ficariam “elu”.

Baixar arquivo
Esportes

Cidade de São Paulo realiza Jogos LGBTQIAP+ para promover a inclusão

A competição vai contar com três modalidades: futebol de campo, futsal e vôlei. Ainda dá tempo de se inscrever, mas é preciso correr, o prazo termina a meia noite desta sexta-feira.

Baixar arquivo
Economia

MG: Greve dos transportadores de combustíveis causa corrida aos postos

Postos de combustíveis na região metropolitana e em outras regiões do estado amanheceram com filas de veículos nesta sexta-feira. Os motoristas correram para abastecer após o anúncio da greve dos transportadores de combustíveis.

Baixar arquivo