Trocando em Miúdo: Confira as consequências para os empregadores que exploram o trabalho escravo

Trocando em Miúdo

Publicado em 30/01/2017 - 02:02 Por Apresentação Eduardo Mamcasz - Brasília

Olá, prezada pessoa ouvinte cidadã.


Nesse sábado (28), foi lembrado mais um Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo no Brasil. Lembrança daquela chacina cometida em Unaí, Minas Gerais, da equipe de auditores que estava indo investigar denúncia de trabalho escravo numa fazenda local. Os mandantes do crime, condenados, até hoje continuam em liberdade. Sobre a instituição do dia, ouvimos o especialista em direitos humanos, Redel Torres.


Mas a prosa de hoje lembra os 47 mil que foram libertados desde 1995, quando o Brasil foi um dos primeiros países a adotar o combate ao trabalho análogo ao da escravidão. Depois, em 2004, foi aprovada a PEC do Trabalho Escravo, permitindo a apreensão dos bens das empresas apanhadas na prática ilegal. Em seguida, teve a “lista suja”.


Sobre o Cadastro de Empregadores que tenham submetido seus empregados a trabalho parecido com o de escravo, a tal da Lista Suja, ela, no momento, se encontra parada porque o governo criou uma comissão para traçar, até junho, novas diretrizes. Inclusive, o Ministério do Trabalho publicou, na semana passada, uma nota oficial explicando os motivos. E, sobre as consequências aos empregadores que exploram o trabalho escravo, ouvimos o procurador Tiago Muniz.

 

Então, tá. Inté e axé.

 

 

 

*Trocando em Miúdo: Quadro do programa Em Conta, da Rádio Nacional da Amazônia. Aborda temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É distribuído em formato de programete, de segunda a sexta-feira, pela Radioagência Nacional. Acesse aqui as edições anteriores.

Últimas notícias
Justiça

MPF abre novo procedimento após morte de cidadão em abordagem da PRF

Imagens veiculadas na internet mostram a vítima presa dentro de uma viatura esfumaçada. O IML de Sergipe identificou de forma preliminar que a vítima teve como causa da morte insuficiência aguda secundária a asfixia.

Baixar arquivo
Geral

Chuvas em AL: Governo reconhece situação de emergência em 9 municípios

O governo federal reconheceu a situação de emergência em nove municípios de Alagoas por causa das fortes chuvas que atingem o estado. Outras duas cidades estão com processo de reconhecimento federal em andamento. 

Baixar arquivo
Justiça

Chacina de Unaí: ex-prefeito é condenado a 64 anos de prisão

O Tribunal do Júri Federal condenou nesta sexta-feira o produtor rural e ex-prefeito Antério Mânica no caso do assassinato de três auditores fiscais e do motorista, em 2004, em Unaí (MG).

Baixar arquivo
Saúde

RJ: Casos de dengue aumentam 177% nos cinco primeiros meses deste ano

A capital fluminense concentra a maioria dos registros da doença, mas as regiões Noroeste e Norte apresentam alta transmissão, de acordo a Secretaria de Estado de Saúde.

Baixar arquivo
Economia

Ministério de Minas e Energia diz que estoque de diesel dura 38 dias

Se a importação desse combustível fosse suspensa, seria possível atender à demanda durante 38 dias, com esses estoques e a produção nacional.

Baixar arquivo
Economia

Eletrobras lança oferta de ações em mais um passo para privatização

A Eletrobras apresentou os documentos necessários para realizar a operação, com a qual a estatal espera movimentar mais de R$ 30 bilhões.

Baixar arquivo