Azul é notificada por aumento em tarifa de bagagem

Consumidor

Publicado em 05/07/2018 - 08:17 Por Victor Ribeiro - Brasília

A Secretaria Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça, notificou nessa quarta-feira (4) a companhia aérea Azul, pelo reajuste da tarifa por despacho de bagagem. Foi o terceiro desde que a cobrança começou, em junho do ano passado.


A secretaria suspeita que os aumentos violem o Código de Defesa do Consumidor. A empresa tem 10 dias para explicar os reajustes.


Se a Secretaria do Consumidor não ficar satisfeita, pode abrir processo administrativo e multar a Azul em até R$ 9 milhões.


E nesta quinta-feira (5) termina o prazo para a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) se manifestar sobre essa tarifa. O objetivo é saber se a regra é vantajosa para o consumidor, já que foi adotada com a justificativa de que deixaria as passagens aéreas mais baratas.


O desembargador Leonardo Carvalho, do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, em Recife, aguarda o parecer da agência reguladora para decidir sobre o pedido da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para suspender imediatamente a cobrança.


A OAB se manifestou depois que as empresas Azul e Gol reajustaram, as tarifas.


Em nota, a Anac informou que só se pronuncia em juízo. A agência avalia que é cedo qualquer avaliação de impacto da regra sobre o preço das passagens, porque considera que o tempo ideal para fazer essa análise é de cinco anos.


De acordo com a própria Anac, nos primeiros três meses deste ano as companhias aéreas lucraram R$ 370 milhões. Quase três vezes o lucro no mesmo período do ano passado, antes de o despacho de bagagem começar a ser pago.


A Fundação Getúlio Vargas (FGV) e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) constataram que as passagens aéreas subiram, após as novas regras entrarem em vigor.


Entidades de defesa do consumidor foram à Justiça e o Tribunal de Contas da União (TCU) abriu uma auditoria para verificar o impacto da cobrança no valor das passagens.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Governo vai expandir possibilidade de sinal de rádio FM

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, assinou nesta quinta-feira (13) uma portaria, junto com o presidente Jair Bolsonaro, para regularizar o serviço de retransmissão de rádio.

Baixar arquivo
Saúde

Rio registra aumento de leitos hospitalares pela 1ª vez em 10 anos

Após a perda de 16 mil leitos hospitalares, apenas entre 2011 e 2019, o Rio de Janeiro viu, em 2020, pela primeira vez, aumento no registro de vagas nas unidades de saúde.

Baixar arquivo
Política

Pesquisa DataSenado faz mapeamento de como a pandemia afetou o ensino

Estudante do oitavo ano do ensino fundamental em Brasília, Arthur Cardoso relata os desafios que tem enfrentado desde que as escolas fecharam, por consequência da pandemia do novo coronavírus.
 

Baixar arquivo
Saúde

Planos de saúde devem cobrir teste rápido de Covid-19

Os planos de saúde são obrigados a cobrir os testes sorológicos para a Covid-19. A medida foi aprovada pela Diretoria da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), por unanimidade, em reunião nesta quinta-feira (13).

Baixar arquivo
Economia

Governo lança aplicativo eSocial Doméstico para empregadores

A partir de agora o eSocial  tem aplicativo para celulares. Com a medida, empregadores poderão realizar registro do empregado e gerenciamento da folha de pagamento pelo celular.

Baixar arquivo
Política

Saúde diz que usou 48% dos recursos destinados ao combate à pandemia

O Ministério da Saúde gastou 48% dos recursos destinados exclusivamente para o combate à pandemia da Covid-19, informou o ministro interino da pasta, Eduardo Pazuello, durante audiência pública realizada nesta quinta-feira (13) no Congresso Nacional.

Baixar arquivo