Bolsonaro assina decreto que acaba com horário de verão

Energia

Publicado em 25/04/2019 - 15:03 Por Sayonara Moreno - Brasília

Agora é oficial. O horário de verão está extinto. O presidente Jair Bolsonaro assinou, nesta quinta-feira (25), o decreto que revoga a medida.

 

Durante o evento, no Palácio do Planalto, ele justificou a decisão, dizendo que o horário de verão não traz mais economia significativa de energia elétrica. Também relatou ter conversado com especialistas da área de saúde, que confirmaram que a mudança no relógio “mexe com o relógio biológico” dos brasileiros.

 

Assim, com o decreto assinado, fica extinto, totalmente, o horário de verão no Brasil. Técnicos da gestão Bolsonaro informaram que, caso haja necessidade de retorno da medida, o governo em exercício deve assinar um novo decreto revogando o desta quinta.

 

Também presente na assinatura do decreto, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, explicou que a decisão é reflexo da mudança no perfil de consumo dos brasileiros, que passou a ser mais intenso, no meio da tarde.

 

No ano passado, o Operador Nacional do Sistema Elétrico chegou a divulgar um estudo que confirma a não efetividade do horário de verão. O estudo mostra uma ligeira redução no consumo de energia, no horário de verão de 2017 para 2018, mas não teve efeito significativo. Na região Sul, inclusive, houve um “ligeiro aumento” no consumo de energia, o que também foi considerado sem efeito.

 

O horário de verão foi adotado, pela primeira vez, no Brasil, em 1931, mas não ocorria todos os anos. Isso só aconteceu a partir de 1985, fazendo com que parte dos brasileiros adiantasse uma hora no relógio durante o período, todos os anos, até 2018.

 

No ano passado, o início do horário de verão foi adiado em duas semanas, devido ao decreto assinado pelo ex-presidente Michel Temer. Além disso, o Ministério de Minas e Energia realizou uma pesquisa de opinião sobre a mudança nos relógios: 53% dos brasileiros disseram ser a favor do fim da medida.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Esportes

Instabilidade dos times leva a rodízio na liderança do Brasileiro

Márcio Guedes comenta sobre a vitória de 4 a 3 do Atlético-MG sobre o Atlético-GO, o que colocou o time na liderança do Campeonato Brasileiro nesta 11ª rodada. E destaca o desempenho de Keno, responsável por três dos gols do time

 

Baixar arquivo
Geral

Acesso ao Cristo por trilha no Parque da Tijuca passa a ser limitado

Vários visitantes vinham usando com mais frequência, em função da pandemia e por ser ao livre, a trilha Parque Lage-Corcovado, que dá acesso ao pé do monumento. Mas, a partir de agora, serão autorizadas apenas 25 pessoas por hora nos fins de semana.

 

Baixar arquivo
Geral

Federação Internacional de Judô cancela Grand Slam de Tóquio

Segundo as informações, as autoridades concordaram que, caso o evento levasse a infecções por coronavírus, poderia prejudicar a remarcação das Olimpíadas de Tóquio 2020 no próximo ano.

Baixar arquivo
Economia

Mercado financeiro reduz projeção de queda da economia para 5,05%

A previsão do mercado financeiro para a queda da economia brasileira este ano foi ajustada de 5,11% para 5,05%.

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Pesquisadores da USP desenvolvem lente fotográfica mais fina do mundo

Ela tem a espessura menor que a de um fio de cabelo. E foi concebida a partir de uma tecnologia inovadora que, a olho nu, beira o impossível. É o que os pesquisadores chamam de metalente.

 

Baixar arquivo
Geral

Após visita ao Pantanal, senadores pedem reunião com o governo

Os parlamentares integram a comissão externa encarregada de acompanhar as ações de enfrentamento aos incêndios na região. A comitiva percorreu grande parte do Pantanal pela rodovia Transpantaneira para ver a situação do bioma, que enfrenta um dos piores períodos de seca dos últimos 40 anos.

Baixar arquivo