Indicadores de trabalho da FGV pioram em março

Pandemia

Publicado em 07/04/2020 - 12:30 Por Lígia Souto - Rio de Janeiro

O Indicador Antecedente de Emprego teve a segunda maior queda da série histórica, alcançando em março o menor nível em quase quatro anos, segundo dados divulgados nesta terça-feira (07), pela Fundação Getulio Vargas.

 

O índice, que antecipa os rumos do mercado de trabalho no Brasil, teve queda de 9,4 pontos em março sobre o mês anterior, atingindo 82,6 pontos, a menor leitura desde junho de 2016.


O economista da FGV, Rodolpho Tobler, explicou que o resultado mostra os primeiros efeitos da crise provocada pelo novo coronavírus na perspectiva sobre o mercado de trabalho. De acordo com Rodolfo Tobler, o cenário negativo deve persistir nos próximos meses, considerando o aumento da incerteza no país.

 

Indicador Coincidente de Desemprego, que capta a percepção das famílias sobre o mercado de trabalho, também piorou. Medido com base na opinião dos consumidores sobre a situação atual do desemprego, o indicador subiu 0,6 ponto em março, chegando a 92,5 pontos.

 

O comportamento do indicador tem escala é invertida, ou seja, quando sobe, é sinal de que as pessoas consideram o mercado de trabalho de forma mais negativa.

 

O aumento tímido, ainda de acordo com o economista, revela que os efeitos da pandemia ainda não geraram impacto significativo nos consumidores, porque as medidas de isolamento foram adotadas a partir do dia 15 do mês passado. 

 

Sua previsão sinaliza que é possível haver uma piora no Indicador Coincidente de Desemprego nos próximos meses.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Política

Câmara aprova projeto de lei que suspende despejo até o fim do ano

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (18) um projeto de lei (PL) que proíbe o despejo ou a desocupação de imóveis até o fim deste ano. O projeto segue para o Senado.

Baixar arquivo
Geral

Governo lança programa para facilitar transporte de cargas

presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto que cria o programa e mais um decreto e duas medidas provisórias com as ações que fazem parte do Gigantes do Asfalto.

Baixar arquivo
Saúde

Motoristas e cobradores são vacinados contra covid em várias cidades

Motoristas e cobradores são uma das categorias mais afetadas pela pandemia do coronavírus. Um estudo do Dieese mostra que o desligamento de trabalhadores do setor de transportes em função de morte cresceu mais de 95% entre o primeiro trimestre de 2020 e o primeiro trimestre de 2021.

Baixar arquivo
Cultura

Perto dos 90 anos, Zuenir Ventura estreia série Depoimentos Cariocas

Vídeos sobre a memória da cidade do Rio de Janeiro, por meio do olhar de quem já contou tantas histórias sobre ela, são o tema da série “Depoimentos Cariocas”.

Baixar arquivo
Saúde

SP: motoristas e cobradores de ônibus começam a ser vacinados

Motoristas e cobradores de ônibus municipais e intermunicipais do estado de São Paulo começaram a ser vacinados nesta terça-feira. Vão receber a vacina as pessoas com mais de 47 anos, e a previsão é imunizar 165 mil trabalhadores.

Baixar arquivo
Saúde

Câmara discute autorização do cultivo da maconha para uso medicinal

Agressão e bate-boca marcaram a discussão na Câmara dos Deputados sobre o projeto de lei que autoriza o cultivo da maconha para fins medicinais e a votação da medida foi adiada.

Baixar arquivo