Prévia da inflação tem menor taxa desde 1994; combustíveis ajudaram na queda

Prévia da inflação

Publicado em 28/04/2020 - 12:11 Por Raquel Júnia - Rio de Janeiro

A prévia da inflação de abril registrou a menor taxa para o mês desde o início do Plano Real, em 1994, com variação negativa de 0,01%. A queda de 5,76% no preço dos combustíveis foi o que mais influenciou o resultado. A taxa de abril é 0,03 ponto percentual abaixo da registrada em março. Os dados do Indice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA-15, foram divulgados nesta terça-feira (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

Além de Transportes, outros cinco grupos também apresentaram deflação em abril: Artigos de Residência, Saúde e Cuidados Pessoais, Despesas Pessoais, Educação e Comunicação. No caso dos transportes, a redução dos preços da gasolina, de 5,41% , teve o maior impacto individual no índice. O etanol caiu 9,08% e, o diesel,4,65%. Segundo o IBGE, o resultado refletiu as várias reduções praticadas pela Petrobras no mês de março.

 

Do lado das altas, o grupo Alimentação e Bebidas subiu 2,46% e acabou freando uma redução maior do IPCA 15. Em março o grupo havia apresentado inflação menor, de 0,35%. A alimentação no domicílio foi a que mais subiu, 3,14%, com influencia de ítens que ficaram mais caros como a cebola, o tomate, a cenoura e as frutas. Já as carnes pesaram menos no bolso dos consumidores, apresentando queda nos preços pelo terceiro mês consecutivo.

 

A alimentação fora de casa, teve alta de 0,94%, puxada pelo aumento de preço dos lanches. A modalidade de consumo de alimentos delivey, que aumentou durante as medidas de isolamento social em função do coronavírus, pode ter contribuído para o resultado da alimentação fora de casa.Também subiram os grupos habitação, com taxa de 0,12%, e reflexo do aumento de preço do gás de botijão e tarifa de água e esgoto em algumas regioes, e Vestuário, com aumento de 0,01%.

 

O IPCA-15 acumula taxas de inflação de 0,94% no ano e de 2,92% em 12 meses.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Política

Projeto que autoriza privatização dos Correios é aprovado na Câmara

O parecer do relator, deputado Gil Cutrim, do Republicanos, prevê  que  após o leilão, a estatal será transformada em uma empresa de economia mista, que passará a ser chamada de Correios do Brasil. E a  Anatel passa a regulamentar os serviços postais.

Baixar arquivo
Política

Lei de combate à violência política contra a mulher é sancionada

Uso indevido pelos partidos de nomes de mulheres apenas para o preenchimento da cota de 30% e o desvio dos recursos destinados ao financiamento das campanhas femininas estão entre os principais casos de violência política contra a mulher no Brasil.

Baixar arquivo
Segurança

Operação Shark desarticula grupo que aplicava golpes em empréstimos

Uma ação conjunta das polícias civis do Distrito Federal e do Rio de Janeiro desarticulou nesta quinta-feira um grupo especializado em aplicar golpes de empréstimos de dinheiro. Além do Rio e do DF, os criminosos atuavam nos estados de São Paulo e Pernambuco.

Baixar arquivo
Saúde

41 pessoas recebem medalhas do Mérito Médico e Mérito Oswaldo Cruz

As medalhas de ouro foram entregues a 15 ministros do governo, além dos presidentes da Câmara, Arthur Lira e do Senado, Rodrigo Pacheco

Baixar arquivo
Economia

Dia dos Pais: 32% dos brasileiros devem dar presentes aponta pesquisa

Domingo é Dia dos Pais. E pesquisa da Associação Comercial de São Paulo aponta que apenas 32% dos brasileiros planejam comprar um presente para celebrar a data. A pesquisa nacional mostra ainda que 19% dos consumidores ouvidos ainda estão indecisos.

Baixar arquivo