Inflação para famílias de menor renda foi maior de janeiro a maio, aponta IPEA

IPEA

Publicado em 17/06/2020 - 20:25 Por Fabiana Sampaio - Rio de Janeiro

As famílias com menor renda no país tiveram uma inflação maior do que as mais ricas. A alta para que ganha até R$1.534,55 foi de 0,45%. Enquanto que, para os mais ricos, com rendimentos acima de R$15.345,53 o indicador apresentou deflação de 0,45%.

 

A pesquisa Inflação por Faixa de Renda, divulgada nesta quarta-feira pelo IPEA, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, considera o acumulado dos cinco primeiros meses do ano, na comparação com o mesmo período de 2019.

 

Economista e pesquisadora do Instituto, Maria Andreia Lameiras, explica que um dos fatores que contribuíram para esse contraste foi o aumento do preço de alimentos. A alta de 4,3%, medida pelo IPCA, impactou o custo de vida das famílias com menor poder aquisitivo, já que elas gastam uma parcela muito maior do seu rendimemto com alimentos. Segundo Lameiras, contudo, a pandemia também contribuiu para essa diferença.

 

Segundo a economista, de acordo com a série histórica da pesquisa, nunca houve uma taxa de desaceleração da inflação tão baixa como a que foi vista em maio, que é explicada pelas quedas importantes nesses itens mais consumidos por quem tem maior poder aquisitivo. Ela avalia que para os próximos meses a recuperação deve ser lenta.

 

A pesquisadora do IPEA, Maria Andrea Lameiras, ainda explica que um cenário de deflação, queda de preços, nem sempre é tão positiva como parece para a economia do país. O Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda é calculado mensalmente, com base nas variações de preços de bens e serviços, do IBGE.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Política

Prefeito eleito do Rio anuncia dez medidas contra covid-19

Eduardo Paes também confirmou Daniel Soranz como secretário de Saúde. Entre as medidas estão o rastreamento de contatos de pessoas contaminadas para evitar a cadeia de transmissão da doença, o reforço na testagem para o coronavírus e a agilidade nos resultados.

 

Baixar arquivo
Política

Parlamentares retomam atividades no Congresso após eleições municipais

Na Câmara, expectativa é a medida provisória que libera recursos para vacina da Oxford e a que cria o programa habitacional Casa Verde e Amarela. No Senado, haverá votações também, mas ainda não foi divulgada a agenda.

Baixar arquivo
Saúde

Internações por covid-19 em novembro aumentam 40% na cidade do Rio

No estado, há 364 pacientes aguardando internação. Desses, 231 precisam de UTI. Já a taxa de ocupação dos leitos de enfermaria é de 72% na capital e de 62% em todo o estado do Rio de Janeiro.

Baixar arquivo
Segurança

Operação Sangria investiga fraudes e desvio de recursos públicos no AM

A Polícia Federal apura esquema que envolvia compra de respiradores e vinhos. Foram autorizados pelo STF quatro mandados e busca e apreensão. Há indícios de que funcionários do alto escalão da Secretaria de Saúde do Amazonas estariam envolvidos. A secretaria afirmou que está contribuindo com a PF para a apuração dos fatos.

Baixar arquivo
Eleições 2020

MDB é o partido com mais prefeitos; 11 deputados se elegem

Resultado das Eleições 2020 teve ainda Centrão com 2,4 mil municípios. Entre os partidos que formam o grupo, PP, PSD e PL são as legendas com o maior número de prefeituras. E o MDB foi o partido que mais elegeu prefeitos. Só em capitais foram cinco. Depois, vêm o PP e o PSD.

 

Baixar arquivo
Eleições 2020

Rio registra abstenção de 35% no 2º turno das eleições municipais

Número de pessoas que não compareceram às urnas neste domingo (29), 1,7 milhão, foi superior inclusive à quantidade de votos que deram vitória a Eduardo Paes. Ele recebeu 1,6 milhão de votos. Segundo o presidente do TRE-RJ, a pandemia contribuiu para a alta de eleitores que se abstiveram. Mas analistas acreditam que a falta de interesse nos dois candidatos que disputavam a prefeitura da cidade do Rio no segundo turno também foi fator importante.

 

Baixar arquivo