Pesquisa revela que 42% dos trabalhadores do setor cultural ficaram sem renda em março e abril

Setor cultural e criativo

Publicado em 30/06/2020 - 15:34 Por Tâmara Freire - Rio de Janeiro

Dados preliminares de uma pesquisa sobre os impactos da pandemia nos setores culturais e criativos mostram que mais de 42% dos trabalhadores e empreendimentos dessas áreas perderam todas as suas receitas nos meses de março e abril.

 

E, para cerca de 22%, a renda caiu pelo menos à metade. A situação é ainda mais dramática entre os meses de maio e julho, quando o percentual de entrevistados com perda total sobe para quase 45%.

 

O levantamento está sendo feito por diversos pesquisadores, com o apoio de secretarias de Cultura e de instituições como o Sesc ea Unesco, a partir de um questionário na internet. E as expectativas para os próximos meses também não são otimistas: de agosto a outubro, quase 30% dos entrevistados ainda esperam não ter qualquer receita.
 

Somente de novembro a janeiro, aqueles que acreditam que vão voltar ao seu nível habitual de receita passa a ser maioria, com 25,5%. Ainda assim, pouco acima dos cerca de 22% que acreditam que ainda amargarão perdas totais.

 

O pesquisador Rodrigo Amaral alerta para o cenário ainda pior verificado em alguns estados, como o Rio Grande do Sul, onde a perda de 100% da receita ao longo de cinco meses é relatada por cerca de 65% dos entrevistados.

 

De acordo com o vice-presidente do Fórum Nacional de Secretários de Cultura Fabricio Noronha, os dados vão ajudar gestores e entender melhor esses impactos para auxiliar o setor.

 

A pesquisa também tenta avaliar os impactos da falta de receita ao longo da cadeia produtiva e identificou que cerca de 26% dos entrevistados pararam totalmente de comprar matérias-primas, enquanto 32% suspenderam 100% das contratações de pessoal. Mas os pesquisadores esclarecem que em ambos os casos, a proporção só não é maior porque a grande parte dos entrevistados é de trabalhadores do setor e não empreendimentos, logo não fazem compras ou admissões.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Bolsonaro participa da entrega de espadins na Escola Naval

Na cerimônia, o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, disse que o recebimento do espadim é a materialização do esforço e da dedicação dos aspirantes.

Baixar arquivo
Educação

Inscrições do Enem 2021 começam em 31 de junho também para treineiros

Estudantes que ainda não completaram o terceiro ano do ensino médio e estão interessados em fazer o Enem - Exame Nacional do Ensino Médio para se autoavaliar, podem se inscrever para a prova como treineiros, mas, apenas para a versão impressa.

Baixar arquivo
Cultura

Morto por covid, diretor de carnaval Laíla é enterrado no Rio

Laíla morreu na sexta-feira por complicações da covid-19. O carnaval carioca também perdeu nessa sexta Amadeu Amaral, o mestre Mug, que por 30 anos comandou a bateria da escola de samba Vila Isabel.

Baixar arquivo
Saúde

Rio inclui gestantes no calendário único de vacinação

A medida também inclui lactantes e  puérperas sem comorbidades. Essas vacinações  devem ser feitas com prescrição médica.

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz entrega mais cinco milhões de vacinas da AstraZeneca

Somando a entrega desta semana, já são 54,8 milhões de doses produzidas e disponibilizadas ao Ministério da Saúde. Outras quatro milhões foram importadas prontas do Instituto Serum da Índia. 

Baixar arquivo
Geral

Treze anos depois, Lei Seca está mais rígida

Atualmente, quem for flagrado conduzindo em via pública com qualquer nível de álcool no sangue tem que pagar quase R$ 3 mil de multa e ficar 12 meses sem carteira de habilitação. Esta é considerada uma infração gravíssima, assim como se recusar a fazer o teste do bafômetro.

Baixar arquivo