Governo divulga novo calendário do auxílio emergencial; saiba como vai funcionar

Saiba como vai funcionar

Publicado em 17/07/2020 - 20:14 Por Victor Ribeiro - Brasília

A Caixa Econômica Federal e a Polícia Federal se uniram para combater as fraudes nos pedidos de auxílio emergencial. O benefício começou a ser pago no mês de abril e, desde então, surgiram denúncias de desvios.


Durante uma entrevista coletiva nessa sexta-feira, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, afirmou que o banco não vai medir esforços para reprimir fraudes no sistema.


Ainda de acordo com o presidente da Caixa, nos últimos dias, o bloqueio de contas suspeitas de fraude foi um dos motivos de instabilidade nos aplicativos da Caixa e do Caixa Tem. O funcionamento dos aplicativos também foi prejudicado pelo movimento de requisição da parcela emergencial do FGTS.


E o Ministério da Cidadania editou uma portaria com o calendário completo para os pagamentos do auxílio emergencial. O cronograma foi publicado na edição dessa sexta-feira do Diário Oficial da União e vai contemplar até 46 milhões de pessoas.


De acordo com a portaria, o público beneficiário do auxílio emergencial passa a receber conforme ciclos de créditos na poupança social digital da Caixa. Os saques em espécie ou transferências também seguirão calendário definido por mês de nascimento.


O primeiro ciclo de pagamentos começa na próxima quarta-feira, dia 22, para quem nasceu no mês de janeiro. Se a pessoa recebeu a primeira parcela do auxílio ainda no mês de abril, esta, da semana que vem, será a quarta parcela do benefício. Para quem recebeu em maio, esta será a terceira parcela, e daí por diante.


E 721 mil pessoas devem receber, a partir do dia 22, a primeira parcela do auxílio emergencial. Os beneficiários receberão, no total, até 5 parcelas do benefício, no valor de R$ 600. Quem receber a primeira parcela agora, receberá a quinta parcela até o fim do mês de novembro.


Mas atenção! Esse pagamento ficará disponível na poupança social digital, a partir do dia 22 de julho. O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, destacou que esse pagamento na próxima quarta-feira será exclusivo no aplicativo Caixa Tem e poderá ser usado para três finalidades.


O saque do auxílio emergencial só será possível a partir do dia 25 de julho, também de acordo com o mês de nascimento do beneficiário. E o prazo para fazer transferência eletrônica para outras contas começa de duas a três semanas depois.


E se o seu caso foi que você teve reconhecido o direito de receber o auxílio emergencial, mas ainda não mexeu no dinheiro, esse calendário para usar, sacar ou transferir o dinheiro vai valer para as parcelas anteriores também.

Últimas notícias
Internacional

ONU pede fim de atividades militares perto de usina nuclear ucraniana

O líder das Nações Unidas, António Guterres, pediu às forças militares da Rússia e da Ucrânia que cessem, imediatamente, todas as atividades militares perto da usina nuclear de Zaporizhzhia, no sul da Ucrânia.
 

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz pede registro de novos testes contra varíola dos macacos

A Fundação Oswaldo Cruz pediu à Anvisa - Agência Nacional de Vigilância Sanitária - o registro de dois novos teste para diagnóstico de monkeypox. O pedido foi feito por meio do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos, Bio-Manguinhos.

Baixar arquivo
Economia

Setor de serviços cresce 0,7% na passagem de maio para junho, diz IBGE

Com isso, se encontra 7,5% acima do nível pré-pandemia, de fevereiro de 2020, mas ainda 3,2% abaixo do ponto mais alto, conquistado em novembro de 2014.

Baixar arquivo
Saúde

Ingerir álcool durante a gravidez pode causar síndrome alcoólica fetal

Mesmo que seja baixa a quantidade de álcool ingerida pela futura mãe, ainda existe o risco da doença,  que pode trazer consequências gravíssimas para o feto e recém-nascidos.

Baixar arquivo
Economia

Quase metade dos brasileiros fazem "bicos" para ampliar renda

Pesquisa aponta que quase q metade dos brasileiros com 16 anos de idade ou mais precisaram fazer atividades extras nos últimos 12 meses para complementar sua renda.

Baixar arquivo