Pesquisa revela o que atrapalhou os planos de viagem em 2019

PNAD Turismo

Publicado em 12/08/2020 - 15:30 Por Ligia Souto - Rio de Janeiro

O brasileiro viajou pouco no terceiro trimestre do ano passado e a questão econômica foi a principal razão que impediu os deslocamentos. A conclusão faz parte do suplemento de Turismo, da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua 2019, divulgada nesta quarta-feira (12) pelo IBGE.

 

Dos mais de 72 milhões de domicílios investigados, 56,7 milhões não registraram viagens entre seus moradores no período de referência da pesquisa. A falta de dinheiro foi o motivo alegado por quase 49% deles.

 

Segundo o levantamento inédito do IBGE, do total de domicílios onde não foram registradas viagens ao longo de julho, agosto e setembro do ano passado, 82,9% tinham renda abaixo de 2 salários-mínimos.

 

A falta de tempo e de motivos que justificassem a viagem também foram citados por boa parte dos entrevistados. Aparecem ainda nessa lista desinteresse e problemas saúde ou tratamento médico.

 

O estudo revela que os obstáculos para viajar variam de acordo com o rendimento, como explica a analista da pesquisa, Flávia Vinhaes.

 

A pesquisa também analisou as viagens que aconteceram no período. Do total de mais de 21 mil trajetos, 13,5% ocorreram por motivos profissionais e 86,5% foram realizados por razões pessoais.

 

A analista detalhou a principal finalidade das viagens pessoais e os tipos de lazer que predominaram.

 

Entre os que viajaram no terceiro trimestre de 2019, o carro foi a escolha mais citada para realização das rotas, somando 46,6%. A opção valeu tanto para trajetos pessoais, quanto profissionais. E, enquanto o avião aparece em segundo lugar para os viajantes profissionais, o ônibus de linha acabou sendo o meio mais utilizado nos percursos por motivos pessoais. Também apareceram como opções para os deslocamentos ônibus de excursão, fretado ou turismo; vans e motocicletas.

 

A grande maioria das viagens, ou 96%, foram nacionais. A Região Sudeste liderou as viagens realizadas no período, sendo o Estado de São Paulo o destino preferido.

Últimas notícias
Economia

Carlos França afirma que entrada do Brasil na OCDE trará investimentos

O ministro das relações exteriores, Carlos França afirmou que a entrada do Brasil na OCDE vai ajudar a trazer investimentos estrangeiros e criar um ambiente de negócios favorável ao país.

Baixar arquivo
Saúde

Boletim da Fiocruz aponta aumento de casos de covid em todo o país

São 25 unidades da federação que apresentam ao menos uma macrorregião de saúde com nível de casos semanais de Síndrome Respiratória Aguda Grave considerado muito alto ou extremamente alto. 

 

Baixar arquivo
Saúde

Hospitais federais do RJ vão receber mais 1.700 profissionais de saúde

Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro tem cobrado a realização de concursos públicos para substituir de forma definitiva os profissionais que atuam com contratos temporários.

Baixar arquivo
Política

Voo com 211 brasileiros deportados dos EUA chega ao Brasil

Coordenadoria da Infância e Juventude do TJ-MG informou que 90 crianças que desembarcaram do voo humanitário estavam acompanhadas por pelo menos um responsável com vínculo biológico e que nenhuma precisou ir para abrigos.

Baixar arquivo
Geral

Trotes para serviços de emergência viram multa no Acre

Nos últimos três anos, o Acre registrou mais de 15 mil trotes. E esse não é um problema que atinge somente os serviços de urgência no estado.

Baixar arquivo
Economia

Aumento de contaminações por covid desacelera crescimento do turismo

A onda da pandemia de covid-19 provocada pela variante ômicron fez com que destinos turísticos muito procurados no país tivessem redução na oferta de voos diários ao longo do mês de janeiro.

Baixar arquivo