Brasil institui acordos de livre comércio com Paraguai e México

Setor automotivo terá isenção de taxas e regras flexíveis

Publicado em 24/09/2020 - 13:23 Por Lucas Pordeus León - Brasília

O governo federal publicou nesta quinta-feira (24) dois acordos de livre comércio, um com o Paraguai e o outro com o México, ambos relativos ao setor automotivo.

O acordo com o Paraguai isenta o setor da cobrança de tarifas e taxas consulares. Segundo a Secretaria-geral da Presidência da República, o acordo possibilita uma maior integração produtiva entre Brasil e Paraguai para investimentos, comércio e produção.

O acordo de livre comércio no setor automotivo com o país vizinho terá vigência por tempo indeterminado ou até a adequação do setor ao regime geral do Mercosul.

O Brasil concederá livre comércio imediato para produtos automotivos paraguaios. Já o Paraguai, por sua vez, concederá tarifas de até 2% para os produtos automotivos brasileiros e dará ainda preferência crescente aos produtos até a liberalização total do setor, prevista para o final de 2022.

O acordo de livre comércio para o setor de automóveis com o Paraguai será gerido por um Comitê Bilateral, com representantes dos dois países. O novo protocolo, porém, não se aplica a produtos fabricados em zonas francas.

Já o segundo decreto, também publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira, prevê um programa de liberalização comercial progressiva entre o Brasil e o México, ao longo de três anos, para caminhões e ônibus.

O protocolo estabelece um prazo de 30 meses para que os veículos lançados entre abril de 2018 e dezembro de 2019 possam ser exportados pelo Brasil ou pelo México com regras mais flexíveis.

A medida quer reduzir os prejuízos das montadoras após o fechamento das fábricas durante a pandemia da Covid-19, segundo informou a Secretaria-geral da Presidência da República.

 

 

Edição: Lana Cristina

Últimas notícias
Política

Conheça o plano de governo de Eymael do partido Democracia Cristã

Entre as propostas para a criação de empregos estão o incentivo à construção civil, apoio ao empreendedorismo e ao agronegócio, incluindo os pequenos e médios produtores rurais.

Baixar arquivo
Justiça

CNJ lança sistema para busca de ativos de pessoas físicas e jurídicas

O CNJ - Conselho Nacional de Justiça lançou, nesta terça-feira, um sistema digital para realização de busca de ativos e patrimônio de pessoas físicas e jurídicas em diversas bases de dados. 

Baixar arquivo
Justiça

Novo presidente do TSE, Alexandre de Moraes, defende a democracia

O ministro Alexandre de Moraes assumiu nesta terça-feira a presidência do Tribunal Superior Eleitoral. E o ministro Ricardo Lewandowski tomou posse como vice-presidente da Corte Eleitoral.

Baixar arquivo
Saúde

Anvisa lança alerta sobre falsificação do medicamento somatropina

A agência também entregou para a Polícia Federal um dossiê de investigação sanitária, que deve ajudar na apuração das denúncias de falsificação da somatropina.

Baixar arquivo
Economia

Conselho Brasil-OCDE realiza encontro no Palácio do Planalto

O Conselho Brasil-OCDE realizou uma reunião no Palácio do Planalto para analisar o processo de entrada do país na organização internacional.

Baixar arquivo
Política

STF media reunião entre estados, DF e União para discutir o ICMS

Estados, e Distrito Federal, de um lado, e União, do outro, se reuniram no Supremo Tribunal Federal, nesta terça-feira, para tentar chegar a um acordo sobre o ICMS dos combustíveis.

Baixar arquivo