Procon do Rio media negociação entre pais e escolas particulares

Órgão promoverá mutirão virtual de negociação de 22 a 26 de março

Publicado em terça-feira, 23 Fevereiro, 2021 - 16:35 Por Solimar Luz - Rio de Janeiro

Os efeitos econômicos da pandemia não pouparam as famílias nem as instituições de ensino particulares. De um lado faltou dinheiro para manter as mensalidades em dia. Do outro, a falta de recursos em caixa, inclusive com a debandada de alunos durante o distanciamento social, deixou os colégios em situação bastante complicada.

Em busca de uma solução para as duas partes, a Procuradoria do Consumidor do Rio planeja promover um mutirão virtual de conciliação. Segundo o Procon, as demandas de clientes inadimplentes, em busca de soluções para os conflitos com as unidades de ensino privadas, aumentou 79% em 2020, na comparação com 2019.

O órgão já implantou em 2020 a audiência de conciliação virtual e o mutirão deste ano seguirá o mesmo modelo. A iniciativa acontecerá entre os dias 22 e 26 de março pela internet.

O presidente do Procon, Cássio Coelho, observa que tanto as famílias quanto as instituições de ensino foram afetadas pelo novo coronavírus. Segundo ele, todas as instituições convidadas que aceitarem participar da negociação vão assinar um termo de compromisso.

As instituições podem confirmar participação e tirar dúvidas sobre o mutirão através do e-mail mutiraovirtual@procon.rj.gov.br .

Já os consumidores devem preencher um formulário on-line. O link para acesso está na página do Procon na internet e nas redes sociais da Instituição.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Risco alto de contaminação recua no Rio de Janeiro mas ainda é grave

O risco alto de contaminação pela covid recuou na maior parte da cidade do Rio de Janeiro e hoje é sinalizado em apenas três bairros da zona sul: Copacabana, Lagoa e Rocinha. Todas as demais áreas se encontram com classificação de risco moderado.

Baixar arquivo
Saúde

Há um ano, Brasil anunciava primeiro caso de covid-19

Apesar do primeiro caso de covid-19 no Brasil ter sido registrado no dia 26 de fevereiro do ano passado, uma pesquisa conduzida por um grupo de pesquisadores do Espírito Santo, entre eles o professor e coordenador do Laboratório Central do estado, Rodrigo Rodrigues, comprovou que o vírus causador da covid-19 já circulava no estado do Espírito Santo desde novembro de 2019.

Baixar arquivo
Política

Câmara volta a analisar PEC sobre imunidade parlamentar

PEC da Imunidade volta a ser analisada na Câmara dos Deputados nesta sexta-feira (26).

A deputada Margareth Coelho defendeu o parecer apresentado, mas o texto é criticado por parlamentares, como informa Ana Lúcia Caldas. 

Baixar arquivo
Saúde

Oito das 27 unidades da Federação têm alta para covid-19

O balanço é referente ao período de 14 a 20 de fevereiro mas apesar dos sinais de queda, todas as regiões se encontram na zona de risco.

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Universo: Contagem regressiva para o lançamento do Amazônia 1

Contagem regressiva para o lançamento do Amazônia 1, na madrugada deste domingo (28)

O satélite com produção e operação totalmente nacional será enviado ao espaço com uma missão bem definida: acompanhar de perto a Terra, em especial, a região amazônica.

Baixar arquivo
Esportes

Flamengo leva título de campeão do Brasileirão

O Flamengo é octocampeão Brasileiro. O clube rubro-negro perdeu para o São Paulo nesta quinta-feira (25) por 2 a 1 no Morumbi, em São Paulo, mas levou o título.

Baixar arquivo