Confiança do consumidor cai em março para o menor nível desde maio

Indicador caiu 9,8 pontos em março e chegou a 62,8 pontos

Publicado em 23/03/2021 - 11:12 Por Cristiane Ribeiro - Rio de Janeiro

A piora nas expectativas dos consumidores para os próximos meses e a queda na confiança no momento atual fizeram o Índice de Confiança do Consumidor, medido pela Fundação Getúlio Vargas, atingir o menor valor desde maio do ano passado. O indicador caiu caiu 9,8 pontos em março deste ano e chegou a 68,2 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. Em maio de 2020 o ICC ficou com (62,1 pontos.

Na avaliação da pesquisadora da Fundação, Viviane Seda Bittencourt, a forte queda da confiança dos consumidores é resultado do avanço da pandemia de covid-19 em todo o país e do colapso do sistema de saúde em várias cidades.

Para Viviane, as medidas de restrição à circulação de pessoas, que vem sendo adotadas por estados e municípios para conter o coronavírus, levam os consumidores a perceberem a piora da situação econômica atual, com riscos ao emprego e à renda.

O ICC de março aponta que todas as faixas de renda apontaram piora da confiança, sendo que a maior intensidade foi nas famílias com renda mais baixa.

Para a edição do indicador deste mês, a FGV coletou informações de 1644 domicílios entre os dias 01 e 20 de março.

 

 

Últimas notícias
Internacional

ONU pede fim de atividades militares perto de usina nuclear ucraniana

O líder das Nações Unidas, António Guterres, pediu às forças militares da Rússia e da Ucrânia que cessem, imediatamente, todas as atividades militares perto da usina nuclear de Zaporizhzhia, no sul da Ucrânia.
 

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz pede registro de novos testes contra varíola dos macacos

A Fundação Oswaldo Cruz pediu à Anvisa - Agência Nacional de Vigilância Sanitária - o registro de dois novos teste para diagnóstico de monkeypox. O pedido foi feito por meio do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos, Bio-Manguinhos.

Baixar arquivo
Economia

Setor de serviços cresce 0,7% na passagem de maio para junho, diz IBGE

Com isso, se encontra 7,5% acima do nível pré-pandemia, de fevereiro de 2020, mas ainda 3,2% abaixo do ponto mais alto, conquistado em novembro de 2014.

Baixar arquivo
Saúde

Ingerir álcool durante a gravidez pode causar síndrome alcoólica fetal

Mesmo que seja baixa a quantidade de álcool ingerida pela futura mãe, ainda existe o risco da doença,  que pode trazer consequências gravíssimas para o feto e recém-nascidos.

Baixar arquivo
Economia

Quase metade dos brasileiros fazem "bicos" para ampliar renda

Pesquisa aponta que quase q metade dos brasileiros com 16 anos de idade ou mais precisaram fazer atividades extras nos últimos 12 meses para complementar sua renda.

Baixar arquivo