Censo Demográfico não será realizado em 2021

Corte orçamentário impede a realização do levantamento

Publicado em 23/04/2021 - 20:11 Por Lucas Pordeus León - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

O Censo Demográfico da população brasileira não será realizado neste ano por falta de orçamento. A pesquisa é realizada no Brasil a cada 10 anos e deveria ter sido feita em 2020, mas foi adiada para 2021 por causa da pandemia da covid-19.

Ao explicar o veto parcial ao orçamento de 2021 nesta sexta-feira (23), o secretário de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, confirmou que não há recursos para realizar o Censo.

Os recursos necessários para o Censo eram da ordem de R$ 2 bilhões. Durante a tramitação do projeto no Congresso Nacional, os parlamentares fizeram um corte de 88% do valor total. O corte foi confirmado pela sanção presidencial.

No início deste mês, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), responsável pelo levantamento, suspendeu o processo seletivo para contratação dos agentes que trabalhariam na pesquisa.

Os dados populacionais do Censo são utilizados, por exemplo, para os repasses do Fundo de Participação dos Municípios, além de servir de base para políticas públicas e pesquisas. A última contagem do Censo foi em 2010.

Integrantes da equipe econômica do governo federal falaram à imprensa nesta sexta-feira sobre a sanção do orçamento de 2021. Houve um veto parcial ao projeto da ordem de R$ 19,8 bilhões. Esse recurso pode ser reposto, já que o governo enviou um projeto ao Congresso para abrir créditos suplementares no mesmo valor do corte.

Também houve um bloqueio de mais de R$ 9 bilhões. Ao contrário do corte do orçamento, que é definitivo, os recursos bloqueados podem ser liberados ao longo do ano, caso haja arrecadação satisfatória.

Apesar disso, o secretário da Fazenda, Waldery Rodrigues, acredita que não há risco de faltar recursos para manter a máquina pública funcionando.

Dos mais de R$ 9 bilhões bloqueados, a maior parte, cerca de R$ 2,7 bilhões foram contingenciados do Ministério da Educação.

Edição: Bianca Paiva/ Sumaia Villela

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Correios fazem leilão de 701 mil itens a partir de segunda-feira (27)

São os chamados refugos, ou seja, produtos que continuam aos cuidados dos Correios, mesmo após várias tentativas de entrega aos destinatários.

Baixar arquivo
Geral

Novo aplicativo do Bolsa Família já tem 200 mil downloads

Quem ainda não tem o aplicativo, pode fazer o download nas lojas virtuais para os sistemas IOS e Android.

Baixar arquivo
Cultura

80% da população ainda ouve rádio, diz pesquisa

É o que aponta o estudo Inside Radio 2021, da Kantar IBOPE Media. E mesmo aumentando a audiência das rádios pelo celular, as pessoas preferem é escutar no aparelho de rádio tradicional.

Baixar arquivo
Cultura

Nova edição da ViradaSP começa neste sábado em Mogi das Cruzes (SP)

Na programação de hoje estão apresentações do rapper Rael, da cantora Adriana Moreira e do cantor e contador de causos Rolando Boldrin, no quadro Rolando Prosa.

Baixar arquivo
Economia

Caixa inicia pagamento da sexta parcela do Auxílio Emergencial

Saques em dinheiro e transferências bancárias para quem nasceu em maio serão liberados no dia 8 de outubro. Valores podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem.

Baixar arquivo
Economia

Fim de ano pode gerar 94 mil vagas de empregos temporários, diz CNC

O cálculo é da CNC, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. Economista alerta que a previsão depende do controle da pandemia.

Baixar arquivo