Programa para a preservação de empregos fechou mais de 500 mil acordos

Publicado em 07/05/2021 - 11:52 Por Maíra Heinen - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Em uma semana de vigência, o programa para a preservação de empregos já fechou mais de 500 mil acordos. Quase metade, cerca de 47%, são relativos à suspensão dos contratos de trabalho, em que o trabalhador recebe o Benefício Emergencial. Esse benefício equivale a 100% do seguro-desemprego, e ao terminar a suspensão, tem o posto de trabalho mantido pelo mesmo período do acordo.

O balanço foi divulgado nessa quinta-feira e aponta também que quase 30% dos acordos foram para a redução de jornada. A redução do valor a ser recebido pelo empregado é de 70%, mas ele recebe o Benefício Emergencial, no valor de 70% do seguro-desemprego.

Outra opção apresentada no programa foi a redução de 50% do salário, com o trabalhador recebendo 50% do seguro-desemprego, o que representou 17,25% dos acordos.

O Benefício Emergencial foi reinstituído por Medida Provisória no último dia 27 e funciona como o do ano passado. A intenção, segundo o Ministério da Economia, é evitar demissões por conta da pandemia. De acordo com o governo, no ano passado o programa preservou o emprego e a renda de cerca de mais de 10 milhões de trabalhadores.

 

Edição: Paula de Castro/ Marizete Cardoso

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Segurança

Homícidios dolosos no Rio caem 9% em 2021

Os homicídios dolosos no estado do Rio de Janeiro caíram 9% nos cinco primeiros meses deste ano, na comparação com igual período de 2020. Foram 1.495 mortes, o menor valor para o período desde 1991, quando teve início a série histórica do Instituto de Segurança Pública.

Baixar arquivo
Saúde

Vacina contra covid:trabalhador de transporte coletivo terá prioridade

Trabalhadores do transporte coletivo foram incluídos no grupo prioritário para receber a vacina contra o novo coronavírus.

Baixar arquivo
Economia

Exigência de vacina para emprego é discriminação, diz MPT

Um anúncio publicado em um site de ofertas de emprego gerou questionamentos após a vaga exigir como requisito para contratação que o candidato fosse imunizado contra a Covid 19 com a vacina da farmacêutica Pfizer. 

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Governo institui Política Nacional de Promoção da Equidade em Saúde

Nesta quarta-feira (23) foi assinada a portaria que institui a Política Nacional de Promoção da Equidade em Saúde, e outras iniciativas para a promoção da igualdade racial.

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Novos testes de covid podem acelerar testagem em massa no Brasil

Pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, desenvolveram dois novos métodos para identificar casos de covid-19, com potencial para acelerar a testagem em massa no país.

Baixar arquivo
Saúde

Secretário de Saúde do Rio pede para que população tome a segunda dose

O secretário de estado de Saúde do Rio de Janeiro, Alexandre Chieppe, voltou a falar sobre a importância de a população tomar a segunda dose da vacina contra Covid, a única forma de garantir a eficácia da imunização. Ele fez um apelo a todos aqueles que ainda não retornaram aos postos para completar a vacinação.

Baixar arquivo