Segunda parcela do auxílio emergencial começa a ser paga em 16 de maio

Saques em dinheiro são autorizados três semanas depois do depósito

Publicado em 06/05/2021 - 19:27 Por Eliane Gonçalves - Repórter da Rádio Nacional - São Paulo

A partir do dia 16 de maio, a Caixa Econômica Federal começa a pagar a segunda parcela do auxílio emergencial.

O valor do benefício começa a ser depositado em maio para as pessoas nascidas em janeiro, e termina em 16 de junho para as pessoas nascidas em dezembro.

Mas o saque do benefício em dinheiro só vai poder ser feito cerca de três semanas depois. Segundo o cronograma, os saques estão autorizados a partir de 8 de junho para nascidos em janeiro até 8 de julho para quem faz aniversário em dezembro.

Nesse intervalo, os recursos só podem ser usados para pagamento de contas de água, luz ou gás ou para compras com cartão ou pela internet.

Segundo o presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, como o saque em dinheiro foi antecipado na primeira parcela, existe a possibilidade de ser antecipado também nessa segunda parcela.

O pagamento da primeira parcela do auxílio emergencial terminou no dia 29 de abril. Nessa quinta-feira, o banco autorizou o saque em dinheiro para as pessoas que nasceram em maio.

O auxílio vai ser pago em quatro parcelas. O valor é de R$ 150 para pessoas que moram sozinhas, R$ 250 para famílias com duas ou mais pessoas e R$ 375 para mães solteiras.

Segundo a Caixa Econômica, até essa quarta-feira os depósitos do auxílio emergencial chegaram a R$ 36 bilhões. No ano passado, o volume de recursos destinados ao auxílio emergencial foi de cerca de R$ 290 bilhões.

O cronograma vale apenas para beneficiários do auxílio emergencial. Quem recebe o Bolsa Família, segue recebendo os recursos na data de pagamento do programa, ou seja, nos dez últimos dias de cada mês.

Edição: Raquel Mariano/ Sumaia Villela

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Segurança

Homícidios dolosos no Rio caem 9% em 2021

Os homicídios dolosos no estado do Rio de Janeiro caíram 9% nos cinco primeiros meses deste ano, na comparação com igual período de 2020. Foram 1.495 mortes, o menor valor para o período desde 1991, quando teve início a série histórica do Instituto de Segurança Pública.

Baixar arquivo
Saúde

Vacina contra covid:trabalhador de transporte coletivo terá prioridade

Trabalhadores do transporte coletivo foram incluídos no grupo prioritário para receber a vacina contra o novo coronavírus.

Baixar arquivo
Economia

Exigência de vacina para emprego é discriminação, diz MPT

Um anúncio publicado em um site de ofertas de emprego gerou questionamentos após a vaga exigir como requisito para contratação que o candidato fosse imunizado contra a Covid 19 com a vacina da farmacêutica Pfizer. 

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Governo institui Política Nacional de Promoção da Equidade em Saúde

Nesta quarta-feira (23) foi assinada a portaria que institui a Política Nacional de Promoção da Equidade em Saúde, e outras iniciativas para a promoção da igualdade racial.

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Novos testes de covid podem acelerar testagem em massa no Brasil

Pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, desenvolveram dois novos métodos para identificar casos de covid-19, com potencial para acelerar a testagem em massa no país.

Baixar arquivo
Saúde

Secretário de Saúde do Rio pede para que população tome a segunda dose

O secretário de estado de Saúde do Rio de Janeiro, Alexandre Chieppe, voltou a falar sobre a importância de a população tomar a segunda dose da vacina contra Covid, a única forma de garantir a eficácia da imunização. Ele fez um apelo a todos aqueles que ainda não retornaram aos postos para completar a vacinação.

Baixar arquivo