Arrecadação de agosto é a maior da série histórica, R$146,4 bilhões

Publicado em 23/09/2021 - 19:15 Por Lucas Pordeus Leon - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

A arrecadação de tributos federais cresceu 7,25% em agosto de 2021 em relação ao mesmo mês de 2020, isso já descontada a inflação. Foram mais de R$146,4 bilhões em impostos arrecadados no mês passado, valor recorde para agosto desde quando teve início a série histórica, em 1995.

No acumulado do ano, a arrecadação cresceu mais de 23% em comparação com o mesmo período de 2020, também já descontada a inflação medida pelo IPCA. De janeiro a agosto, o governo recolheu quase R$1,2  trilhão em impostos. É o maior valor da série histórica para os oito primeiros meses do ano.

O secretário especial da Receita Federal, José Barroso Tostes, destacou que os resultados demonstram uma recuperação da arrecadação do governo federal.

Um dos destaques na arrecadação de agosto deste ano, segundo a receita, foi o recolhimento do imposto de renda das empresas e do lucro líquido das companhias, que cresceu 41% se comparado a agosto do ano passado, totalizando mais de R$ 25 bilhões, sendo R$5 bilhões considerados atípicos. No acumulado do ano, chega a R$29 bilhões os impostos recolhidos das empresas que a Receita considera atípicos, gerados por fatores não recorrentes.

O chefe do centro de estudos tributários da Receita, Claudemir Malaquias, explicou que esses valores atípicos estão ligados principalmente ao setor de commodities, em especial, de minerais e da metalurgia, devido ao aumento do valor dessas matérias-primas no mercado mundial.

A Receita Federal ainda revelou que, de janeiro a agosto, foram devolvidos à União mais de R$1,9 bilhão do auxílio emergencial. Foram mais de 363 mil contribuintes que, de acordo com a receita, receberam o dinheiro indevidamente.

Edição: Jacson Segundo / Beatriz Arcoverde

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Esportes

Presidente do COB destaca a importância dos Jogos Universitários

As competições foram um reencontro de estudantes que são esportistas tradicionais, eletrônicos e adaptados de 26 modalidades diferentes 4,5 mil pessoas participaram do eventos se somarmos atletas, árbitros, técnicos e voluntários .

Baixar arquivo
Saúde

Campanha Nacional de Multivacinação continua até 29 de outubro

O prazo para atualizar a caderneta de crianças e adolescentes menores de 14 anos se estende até o dia 29. Na lista de mais de 20 imunizantes estão os que protegem contra doenças, como hepatites A e B, poliomielite, febre amarela e  HPV.

Baixar arquivo
Saúde

Pfizer entrega mais 1,3 milhão de doses de vacina contra covid-19

Essa remessa é a última das que estavam previstas para trazer ao país 10 milhões de doses da vacina da Pfizer na última semana. A compra dessas vacinas faz parte do segundo contrato que prevê a entrega de mais de 100 milhões de doses até o fim do ano.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Lançada no Rio a Campanha Natal sem Fome que completa 27 anos

Com expectativa de arrecadar R$ 30 milhões em doações para a compra de alimentos,  a ONG Ação da Cidadania, lançou neste domingo, no Rio, a campanha “Natal sem Fome”.

Baixar arquivo
Economia

Nascidos em outubro recebem a 6ª parcela do Auxílio Emergencial 2021

Os recursos serão creditados na Poupança Social Digital e esse público pode sacar ou transferir o dinheiro por meio do aplicativo Caixa Tem e na rede lotérica de todo o país.

Baixar arquivo
Saúde

Dia D disponibiliza a crianças e adolescentes 18 tipos de vacinas

A campanha de multivacinação vai até o dia 29 de outubro e visa aumentar a cobertura vacinal no país, que tem caído desde 2015, quadro que se agravou durante a pandemia.

Baixar arquivo