China libera importação de parte da carne brasileira retida

Publicado em 23/11/2021 - 18:57 Por Leandro Martins - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

As autoridades alfandegárias da China informaram, nesta terça-feira, que vão aceitar os pedidos de importação de carne bovina brasileira que tenham recebido certificado sanitário antes de 4 de setembro. Assim, a carne bovina do Brasil que está retida nos portos do país deve ser liberada.

As exportações da carne bovina para a China foram suspensas depois que dois casos atípicos da doença da vaca louca foram detectados no Brasil. A carne que já estava nos portos continuou sendo exportada, mas a maior parte não conseguiu passar pela alfândega na chegada à China.

Os casos da doença animal foram considerados atípicos, por serem de um tipo espontâneo, e não por transmissão no rebanho, o que, de acordo com a Organização Internacional de Saúde Animal, não oferece risco à saúde humana.

O embargo às exportações, que entrou na 12ª semana, segue valendo. Autoridades do Brasil e da China continuam as negociações para retomar as vendas, mas ainda sem previsão de data.

Nesta terça, a ministra da Agricultura Tereza Cristina disse que espera que em dezembro o comércio de carne com a China retorne à normalidade.

O Brasil é o principal fornecedor de carne bovina a China, atendendo a cerca de 40% das importações do país asiático. 

Edição: Paula de Castro / GT Passos

Últimas notícias
Política

PEC dos Precatórios é promulgada pelo Congresso Nacional

A proposta aprovada possibilita a mudança no cálculo do teto de gastos e abre um espaço de R$ 106 bilhões no Orçamento da União. Parte dos recursos deverá custear o Auxílio Brasil. 

Baixar arquivo
Saúde

Butantan vai doar 400 mil vacinas de gripe para o Rio de Janeiro

A cidade está com imunização parada há seis dias, por falta de vacinas, e teve 21 mil casos da doença diagnosticados nas últimas três semanas.

Baixar arquivo
Saúde

Pfizer diz que três doses de vacina podem neutralizar variante Ômicron

Estudo preliminar mostrou que duas doses podem não ser suficientes para proteger as pessoas contra a infecção pela nova variante. Ainda assim, as empresas afirmam que duas aplicação são capazes de proteger contra casos graves da doença.

Baixar arquivo
Economia

CNA projeta crescimento de 2,4% no PIB da agropecuária em 2022

A safra 2021/2022 deve chegar a 289 milhões de toneladas, volume 14% maior que a anterior; foram produzidas na safra 2020/2021 252 toneladas de grãos. 

Baixar arquivo
Saúde

Consórcio Nordeste pede cancelamento de festas de Ano Novo e carnaval

O Comitê Científico do Consórcio Nordeste emitiu uma recomendação para que os estados não realizem as festas de Réveillon e o carnaval, uma vez que colocar milhões de pessoas nas ruas, em aglomerações, é assumir um risco.

Baixar arquivo
Internacional

Olaf Scholz é eleito novo chanceler da Alemanha

Aos 63 anos, o ex-ministro das Finanças de Angela Merkel se torna o nono chanceler da Alemanha no pós-guerra. Ele venceu a votação secreta por 395 votos do 736 deputados do plenário.

Baixar arquivo