IBGE aponta que custos para o censo 2022 será maior que o estimado

Publicado em 27/06/2022 - 23:39 Por Beatriz Arcoverde* - Editora da Radioagência Nacional - Brasília

O diretor de Pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, Cimar Azeredo, afirmou nesta segunda-feira que o orçamento do Censo 2022 terá que passar por recomposição.

De acordo com Azeredo, o avanço da inflação provocou impacto em insumos e equipamentos que são usados na realização das entrevistas. Em 2019, o custo da pesquisa nacional foi estimado em R$ 2,3 bilhões. Depois disso, os valores sofreram reajustes consideráveis.

O IBGE já sabe que, entre os gastos que vão extrapolar os valores definidos atualmente, estão o preço da gasolina e dos aluguéis de automóveis e aeronaves, necessários para o trabalho de campo.

Segundo o diretor de Pesquisas do IBGE, o assunto está encaminhado com o Ministério da Economia.

Sobre o assunto o Ministério da Economia informou que a Secretaria de Orçamento Federal só se manifesta sobre “créditos orçamentários cuja proposta já esteja formalizada e seus efeitos tornados públicos”.

*Com informações da Agência Brasil

Edição: Agência Brasil

Últimas notícias
Esportes

Confira resultados dos jogos de quinta e próximas partidas de futebol

Pela Copa do Brasil, América Mineiro e São Paulo empataram em 2 a 2.

Baixar arquivo
Política

Conheça o plano de governo do candidato à presidência Jair Bolsonaro

Na proposta pela reeleição está: estimular o empreendedorismo; manter a reforma trabalhista, formalizar a atividade de trabalhadores por aplicativo e os rurais.

Baixar arquivo
Política

RJ: Vereadores cassam mandato de Gabriel Monteiro por quebra de decoro

Monteiro foi julgado por quebra do decoro parlamentar, por três motivos: encenação com uma menor de idade em um shopping, agressão contra um morador de rua convidado para a encenação de um roubo na Lapa e relação sexual gravada em vídeo com uma menor de idade, que posteriormente teve as imagens vazadas na internet.

Baixar arquivo
Justiça

No STF termina o julgamento da nova Lei de Improbidade Administrativa

O Supremo Tribunal Federal decidiu que a nova Lei de Improbidade Administrativa é válida para todos os processos em andamento. Inclusive aqueles abertos antes de ela entrar em vigor, em outubro do ano passado.

Baixar arquivo
Política

Candidatos à presidência fazem campanha em São Paulo e Minas Gerais

A Rádio Nacional acompanha as agendas dos cinco candidatos à Presidência da República mais bem posicionados na mais recente pesquisa de intenções de voto registrada no Tribunal Superior Eleitoral. E traz os detalhes em ordem alfabética.

Baixar arquivo
Geral

Anatel autoriza 5G no Rio, Palmas, Florianópolis e Vitória no dia 22/8

A Anatel autorizou, nesta quinta-feira, as operadoras de telefonia a ligarem o 5G no Rio de Janeiro, Palmas, Florianópolis e Vitória a partir da próxima segunda-feira, dia 22 de agosto.

Baixar arquivo