Projeto leva bibliotecas ao interior da Amazônia

Publicado em 19/06/2015 - 12:01 Por Ana Lúcia Caldas - Brasília

Muita gente que vive na Amazônia Legal conta com acesso ao livro e à leitura graças projeto Expedição da Organização Vaga Lume, que instala bibliotecas comunitárias nas regiões rurais.

 

Raynara da Silva tem 11 anos e frequenta a biblioteca da comunidade de São Bento, às margens do rio Acuti-Pereira, em Portel, no Pará. Mas, o que será que ela acha do projeto?

 

Sonora: '' Eu acho muito bom porque a gente tem que aprender a ler. Nós vamos para a escola e o professor traz nós (sic) para cá e quando a gente volta a gente vai contar a história do livro que a gente leu.''

 

E os colegas ficam interessados?

 

Sonora: '' Eles ficam logo curiosos para a gente apresentar.''

 

E será que a Raynara tem um livro preferido?

 

Sonora: ''O que eu gosto é Romeu e Julieta.''

 

Assim como Raynara, crianças e adultos têm a oportunidade de conhecer histórias e se tornarem leitores.

 

Em quase 15 anos de projeto, foram criadas 158 bibliotecas em 23 municípios dos nove estados da Amazônia Legal. Agora, chegou a hora de fazer um balanço para melhorar. Nove educadoras estão indo para o Norte do país. Uma delas é Celice Oliveira, que conta como o programa tem mudado a vida das pessoas da região.

 

Sonora: ''A gente viu ao longo desses 15 anos muita coisa boa acontecendo. A gente viu crianças que frequentavam a biblioteca que hoje são jovens estudantes de universidades federais; adultos ocupando espaço de políticas públicas dentro do município; crianças com acesso ao livro com mais facilidade ocupando a biblioteca como espaço mais comum.''

 

Celice Oliveira explica que são capacitados voluntários como mediadores de leitura e multiplicadores.

 

Sonora: '' Então a gente forma o que chamamos mediadores de leitura, que vão dar um acesso qualificado ao livro para a comunidade. E quando a gente cria a biblioteca comunitária é dado um curso de capacitação nessa comunidade . Antes quem dava esse curso eram os educadores da Vaga Lume. Como o projeto foi ficando muito grande, a gente sentiu necessidade de formar multiplicadores dessa metodologia. Esses multiplicadores moram na cidade, eles que dão esses cursos e inclusive monitoram os trabalhos nas comunidades. ''

 

Um desses mediadores de leitura é Sandro Moreira, que vive no município de Portel, no Pará. Ele aposta no poder de transformação da leitura principalmente nas crianças.

 

Sonora: ''Vale muito a pena porque através dos esforços que a gente empreende aqui, todos nós, nós poderemos alcançar objetivos como fazer com que nossa criança ss elas adquiram desde cedo o gosto pela leitura, depois fica difícil elas conhecerem seus direitos e depois serem inseridas no meio social do qual participam.''

 

Segundo Sandro, em Portel existem 20 bibliotecas e, embora ir até elas não seja fácil, o trabalho gratifica.

 

Sonora: ''Para ir a cada uma dessas bibliotecas nós levamos de sete a oito dias de viagem de barco. É um periodo legal porque a gente reúne a equipe e é uma viagem muito interessante, muito rio, floresta...a gente se sente em casa. ''

 

Quem quiser saber um pouco mais sobre o projeto Expedição basta acessar o site vagalume. org.br

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Governo vai expandir possibilidade de sinal de rádio FM

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, assinou nesta quinta-feira (13) uma portaria, junto com o presidente Jair Bolsonaro, para regularizar o serviço de retransmissão de rádio.

Baixar arquivo
Saúde

Rio registra aumento de leitos hospitalares pela 1ª vez em 10 anos

Após a perda de 16 mil leitos hospitalares, apenas entre 2011 e 2019, o Rio de Janeiro viu, em 2020, pela primeira vez, aumento no registro de vagas nas unidades de saúde.

Baixar arquivo
Política

Pesquisa DataSenado faz mapeamento de como a pandemia afetou o ensino

Estudante do oitavo ano do ensino fundamental em Brasília, Arthur Cardoso relata os desafios que tem enfrentado desde que as escolas fecharam, por consequência da pandemia do novo coronavírus.
 

Baixar arquivo
Saúde

Planos de saúde devem cobrir teste rápido de Covid-19

Os planos de saúde são obrigados a cobrir os testes sorológicos para a Covid-19. A medida foi aprovada pela Diretoria da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), por unanimidade, em reunião nesta quinta-feira (13).

Baixar arquivo
Economia

Governo lança aplicativo eSocial Doméstico para empregadores

A partir de agora o eSocial  tem aplicativo para celulares. Com a medida, empregadores poderão realizar registro do empregado e gerenciamento da folha de pagamento pelo celular.

Baixar arquivo
Política

Saúde diz que usou 48% dos recursos destinados ao combate à pandemia

O Ministério da Saúde gastou 48% dos recursos destinados exclusivamente para o combate à pandemia da Covid-19, informou o ministro interino da pasta, Eduardo Pazuello, durante audiência pública realizada nesta quinta-feira (13) no Congresso Nacional.

Baixar arquivo