Alunas denunciam assédio em escolas do Rio

Protesto

Publicado em 21/08/2018 - 18:50 Por Tâmara Freire - Brasília

O que começou com algumas denúncias de assédio feitas por alunas do Colégio Pensi se transformou em uma onda de publicações sobre diversas escolas particulares do Rio de Janeiro.

 

E o movimento já saiu das redes sociais com protestos realizados em diversos colégios e a previsão de novas manifestações ao longo desta semana. A maior parte dos posts relatam assédios cometidos por professores de escolas renomadas da Região Metropolitana do Rio como o Elite e o Miguel Couto, além do Pensi, mas algumas publicações também denunciam outros funcionários e estudantes.

 

Cora Oliveira, de 12 anos, que organizou um dos protestos em uma escola de Niterói afirma que o problema é sistêmico e que as denúncias podem forçar as escolas a tomarem partido das estudantes  ao invés de fazer vista grossa e proteger os assediadores.

 

Conforme os relatos feitos nas redes sociais os acusados teriam constrangido alunas do ensino médio e fundamental com convites inapropriados, insinuações sexuais e até mesmo toques em partes íntimas.

 

Em alguns casos um mesmo profissional foi denunciado por diversas alunas e algumas também relatam que chegaram a procurar ajuda nas escolas, mas foram ignoradas e os assediadores, no máximo, foram transferidos para outras unidades.

 

Mas para Caíque Duarte, de 14 anos, que estuda em um colégio na Tijuca, zona norte da capital, o movimento também dá um recado para os meninos.



Em nota, a Rede Pensi afirmou que repudia qualquer tipo de assédio e discriminação e que a questão está sendo tratada com a comunidade escolar e as denúncias estão sendo apuradas. Além disso informou que possui um Comitê de Ética externo que já está avaliando cada denúncia e deve implementar ações rigorosas para banir casos semelhantes.

 

* Também por meio de nota, a Rede Elite afirmou que repudia qualquer tipo de assédio e discriminação e que se pauta no respeito ao próximo. Ainda segundo o comunicado, está apurando cada denúncia para tomar as providências.

 

A nota detalha algumas ações que serão realizadas como a formação de um Comitê de Ética e uma campanha de  conscientização. Já o Colégio Miguel Couto não se posicionou até o fechamento da matéria.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Após visita ao Pantanal, senadores pedem reunião com o governo

Os parlamentares integram a comissão externa encarregada de acompanhar as ações de enfrentamento aos incêndios na região. A comitiva percorreu grande parte do Pantanal pela rodovia Transpantaneira para ver a situação do bioma, que enfrenta um dos piores períodos de seca dos últimos 40 anos.

Baixar arquivo
Cultura

Do DF para o mundo, Semana da Europa terá programação toda virtual

A Semana da Europa é organizada pela Associação dos Institutos Culturais, Embaixadas e Consulados de países membros da União Europeia – Eunic Brasília e a Delegação da União Europeia no Brasil e já ocorre há 16 anos na capital federal.

Baixar arquivo
Saúde

No Brasil, mais de 850 pessoas esperam por transplante de medula óssea

Apesar de o Brasil ser o 3º país do mundo em número de doadores, as cirurgias costumam demorar para acontecer, porque a chance de o paciente encontrar uma pessoa compatível é de

uma em 100 mil.

Baixar arquivo
Política

Senado retoma reuniões deliberativas presenciais

Para evitar aglomeração, a comissão diretora instalou cabines de votação em diferentes locais do prédio. Duas delas vão funcionar no sistema drive-thru e os senadores poderão votar sem sair do carro.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: Hospital das Clínicas da USP estuda suspeitas de reinfecção

Médicos dizem que desafio é diferenciar da reativação, quando o vírus estava dormente e volta a agir no corpo da pessoa por algum motivo. O hospital acompanha 16 pacientes com suspeita de reinfecção, identificada quando o vírus da segunda infecção tem um genoma diferente do primeiro. Ou seja, ele sofreu uma mutação

 

Baixar arquivo
Economia

Golpes financeiros aumentaram 300% em todo o mundo

Um amigo te pedindo pagamento de boleto por Whatsapp, um falso funcionário de banco que precisa dos seus dados bancários por telefone. Quem já não recebeu essas tentativas de golpes? Com a pandemia, isso aumentou e o método dos golpistas tem se sofisticado cada vez mais. E o Brasil tem participação de 53,9% no vazamento de dados de cartões

Baixar arquivo