Na Trilha da História: Historiadora detalha o papel de José Bonifácio na independência do Brasil

Na Trilha da História

Publicado em 06/09/2019 - 07:05 Por Apresentação Isabela Azevedo - Brasília

Olá, eu sou a Isabela Azevedo e está começando mais uma versão reduzida do Na Trilha da História! Hoje, nós continuamos nosso papo com a historiadora Mary del Priore sobre o livro “As vidas de José Bonifácio”, lançado pela Editora Sextante com o selo Estação Brasil. Mary nos lembra que aos 56 anos de idade, depois de passar 36 anos na Europa, José Bonifácio de Andrada e Silva retornou para o Brasil.


(Mary del Priore)


Ao voltar para a terra natal, em 1819, Bonifácio reencontrou os irmãos Antônio Carlos e Martim Francisco. A dupla havia se envolvido em várias disputas políticas e era considerada um problema pelas autoridades portuguesas.


(Mary del Priore)


Em 1820, eclodiu a Revolução Liberal do Porto, em Portugal. O governo absolutista português ruiu e as Cortes Gerais passaram a mandar no reino. Dom João VI, que estava desde 1808 no Brasil, foi obrigado pelas cortes a voltar para Portugal. Ao partir, deixou o filho Dom Pedro como príncipe regente no Brasil. Ao longo de 1821, as Cortes tentaram limitar o poder de Dom Pedro, chegando a exigir o retorno do herdeiro do trono para Lisboa.


(Mary del Priore)


José Bonifácio, que ganhou poder em São Paulo, chegando a presidente da Junta Governativa da Província, foi uma das pessoas que aconselhou Dom Pedro a ficar no Brasil e declarar a separação de Portugal, em 1822. Mas a independência foi uma conquista de vários conselheiros, não um feito individual de Bonifácio.


(Mary del Priore)


Esta foi a versão reduzida do Na Trilha da História! O episódio completo tem 55 minutos e traz, além da entrevista na íntergra com a historiadora Mary del Priore, músicas sobre José Bonifácio! Para ouvir, acesse radios.ebc.com.br/natrilhadahistoria. Aqui na Nacional FM Brasília, o programa é transmitido aos sábados, às 11h da manhã, com reprise às quintas, às 10h da noite. E se você ser enviar uma mensagem pra gente, nosso e-mail é culturaearte@ebc.com.br. Até semana que vem, pessoal!

 

*Na Trilha da História: Apresenta temas da história do Brasil e do mundo de forma descontraída, privilegiando a participação de pesquisadores e testemunhas de importantes acontecimentos. Os episódios são marcados por curiosidades raramente ensinadas em sala de aula. Tem periodicidade semanal. Acesse aqui as edições anteriores.

Últimas notícias
Saúde

Prefeitura do Rio suspende vacinação contra a gripe por falta de doses

A secretaria municipal de Saúde informou, no entanto, que novas doses devem chegar ainda hoje, e com isso, a expectativa é retomar a aplicação da vacina contra a influenza amanhã à tarde.

Baixar arquivo
Saúde

Campanha chama a atenção para o combate ao mosquito Aedes aegypti

Doze estados brasileiros apresentaram aumento de casos de dengue e zika vírus este ano em relação ao ano passado, e os casos de chikungunya cresceram em 17 estados.

Baixar arquivo
Economia

Indicador que mede incerteza da economia apresenta queda em novembro

O resultado do indicador em novembro é reflexo da continuidade da melhora dos indicadores da Covid-19 no Brasil, associada a fatores negativos no campo econômico, como a inflação e juros elevados e a desaceleração do crescimento doméstico e internacional.

Baixar arquivo
Geral

No Rio, Polícia Federal desarticula emissoras de rádio clandestinas

A operação aconteceu em bairros e comunidades da zona oeste carioca, após denúncia de que as rádios estavam colocando em risco as operações nos aeroportos Santos Dumont e o Internacional Tom Jobim.

Baixar arquivo
Cultura

Em 30 de novembro de 1982, Michael Jackson lançava o álbum Thriller

Disco é citado até hoje como um dos melhores de todos os tempos e foi o álbum mais vendido no mundo, com cerca de 65 de milhões de cópias. Sucesso de público e de mídia, o trabalho rendeu oito Grammys. 

Baixar arquivo
Cultura

Professor da USP traduz cartas de indígenas no Brasil do século XVII

Cartas trocadas entre indígenas do Brasil em tupi antigo, em 1645, foram traduzidas pelo pesquisador e professor da USP, Eduardo Navarro. O contexto era o da disputa entre Portugal e Holanda por terras brasileiras, hoje, o estado de Pernambuco.

Baixar arquivo