Pesquisa mapeia desafios do ensino público durante a pandemia

Publicado em 19/06/2020 - 09:30 Por Gésio Passos - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

82% dos municípios apresentaram estratégias para a oferta de aulas e conteúdos pedagógicos de forma remota durante a pandemia. O resultado foi apresentado pela pesquisa “A Educação Não Pode Esperar” desenvolvida pelo Instituto Rui Barbosa, órgão de apoio aos tribunais de contas, e pelo centro de pesquisa IEDE - Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional.

Muitos municípios afirmaram não realizar nenhum planejamento para aulas online por causa das dificuldades de alunos, que não teriam acesso à internet, computadores e meios para vídeo aulas de forma remota. Além disso, alguns municípios relataram não ter recursos para investir nesses processos.

O risco é que a desigualdade do país aprofunde o descompasso do ensino durante a pandemia, afetando diretamente o direito à educação previsto na Constituição Federal.

Cezar Miola, conselheiro do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul e presidente do Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa, afirma que a pandemia trouxe um grande impacto para a educação brasileira.

Enquanto isso, outras redes de ensino investiram nas ferramentas de aulas ao vivo, com utilização massiva de ferramentas de mensagens, principalmente o Whatsapp.

A oferta de conteúdo também varia em relação a fase educacional. Enquanto no ensino infantil o envio de conteúdos pelo sistema escolar se dá semanalmente, no ensino fundamental e médio a oferta ocorre quinzenalmente.

Ernesto Faria, diretor-fundador do IEDE e coordenador da pesquisa, afirma que para o ensino ser efetivo é preciso que as escolas estejam preparadas.

Outro ponto que é destaque na pesquisa é a baixa preparação dos professores para o desenvolvimento de atividades a distância, com apenas 39% das redes de ensino ofertando essa formação.

A preparação para o retorno as atividades presenciais é uma preocupação para 84% das escolas. Nesse retorno, que pode prever a continuidade de algumas atividades a distância, uma grande preocupação será o abandono escolar e o desnível entre estudantes, dependendo de uma ação ainda mais planejada da rede pública de ensino.

Ernesto Faria fala sobre a necessidade das secretarias de educação planejarem ações que garantam a continuidade dos jovens nas escolas.

Segundo a pesquisa, 79% das secretarias de educação já possuem alguma estratégia para evitar o abandono e 82% para fazer um diagnóstico sobre como suprir a defasagem.

A preocupação com uma ampliação do financiamento da educação é ainda maior para o conselheiro Cezar Miola. O debate no Congresso Nacional sobre o novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica, o FUNDEB, passa a ser essencial no contexto da pandemia.                                              

A pesquisa “A Educação não pode esperar” foi realizada por amostra em 232 redes de ensino municipais e 17 estaduais em todas as regiões do país.

 

Últimas notícias
Geral

Ministério da Justiça determina que Tik Tok remova conteúdo impróprio

O Ministério da Justiça determinou que a plataforma online Tik Tok remova conteúdos impróprios para menores de 18 anos no Brasil. O documento determina que a rede social tem 72 horas para cumprir a ordem.

Baixar arquivo
Justiça

ICMS combustíveis: Gilmar Mendes marca audiência de conciliação

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes marcou a audiência de conciliação para a próxima terça-feira, às 9h, com representantes dos estados e da União para discutir a tributação do ICMS, imposto que incide sobre combustíveis.

Baixar arquivo
Saúde

Vacinação contra a gripe será ampliada em todo país a partir de sábado

Toda a população, com pelo menos seis meses de idade, pode procurar um posto de saúde para receber a vacina contra a gripe.

Baixar arquivo
Esportes

Rádio Nacional transmite dois jogos neste fim de semana

Neste sábado (25), a partir das 19h, o Flamengo encara o América-MG em busca da reabilitação e de ficar mais distante do Z4. Neste domingo (26) é a vez do Clássico Vovô. A partir das 16h tem Botafogo e Fluminense.

Baixar arquivo
Saúde

Rio de Janeiro confirma transmissão local da Varíola dos Macacos

Os pacientes são dois homens que não têm histórico de viagem internacional ou contato com estrangeiros. Eles estão sendo monitorados e encontram-se em isolamento domiciliar.

Baixar arquivo
Educação

Provas da 2ª etapa do Revalida ocorrem neste final de semana

O processo permite que candidatos que se formaram no exterior no curso de medicina validem o diploma no Brasil para poderem exercer a profissão por aqui.

Baixar arquivo