MEC vai fornecer internet gratuita a alunos de baixa renda dos ensinos superior e técnico

Ensino superior e técnico

Publicado em 01/07/2020 - 20:26 Por Renata Martins - Brasília

O Ministério da Educação começa a preparar a volta às aulas em universidades e institutos federais, o IFs.


Nesta quarta-feira, o MEC anunciou internet gratuita para os estudantes de baixa renda das instituições federais de ensino superior e técnico. Também divulgou o Protocolo de Biossegurança para o retorno presencial às aulas.


Inicialmente, a recomendação é que as atividades aconteçam de forma remota. O MEC não define a data para a volta às aulas. Durante coletiva em Brasília, o secretário de Educação Superior, Wagner Vilas Boas, afirmou que o documento é uma orientação.


Para o retorno presencial, as orientações giram em torno de evitar a disseminação do coronavírus. São parecidas com a já adotadas na reabertura de estabelecimentos comerciais, como a aferição da temperatura, uso de máscaras e distanciamento de pelo menos um metro e meio entre as carteiras.


No caso de estudantes de grupo de risco, a instituição deve considerar a adoção de estratégias para reposição das atividades pós-pandemia.


O trabalho remoto para servidores do grupo de risco deve ser considerado. O documento não prevê testagem de funcionários e alunos no protocolo.


Por um período, institutos federais e universidades vão ter que alternar ensino presencial e a distância.


Para garantir a conectividade a estudantes de baixa renda o MEC anunciou vai oferecer acesso à internet gratuita para os alunos das instituições federais. Os alunos serão classificados a partir da renda familiar. A previsão do ministério é que o serviço seja oferecido inicialmente para 400 mil pessoas.


O secretário-executivo do MEC, Antonio Paulo Vogel, explica que não é internet livre para o aluno usar como quiser. Universidades e institutos federais indicarão os sites e sistemas que devem ser liberados.


A RNP, Rede Nacional de Ensino e Pesquisa, será responsável pela implantação do sistema de acesso. Segundo Nelson Simões, diretor-geral da RNP, a expectativa é licitar dia 15 de julho e disponibilizar o acesso no início de agosto.


Perguntado sobre como atender alunos de áreas rurais sem acesso a sinal de telefonia, o diretor-geral da RNP disse não ter resposta, mas sinalizou algumas possibilidades.


Atualmente a rede federal de ensino é formada por 69 universidades federais e 41 institutos federais de ensino técnico.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Covid: grávidas e puérperas em Pernambuco receberão 2ª dose da Pfizer

A recomendação partiu do Ministério da Saúde e foi confirmada pelo Comitê Técnico para Vacinação do estado.

Baixar arquivo
Saúde

Pfizer deve entregar 2 milhões de vacinas nesta semana

Ontem mais 1 milhão de doses chegaram no aeroporto de Campinas, em São Paulo. Com esse lote, a farmacêutica já entregou ao Plano Nacional de Vacinação (PNI) mais de 24 milhões das 200 milhões de doses.

Baixar arquivo
Geral

Massa de ar frio pode provocar até registro de neve no país

Apenas a região Nordeste não está na rota da massa de ar frio. Frente fria vai despencar as temperaturas em grande parte do país, provocando chuvas, geadas, temperaturas negativas e até um possível registro de neve.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Projeto Baleia Jubarte protege animais e promove turismo na Bahia

De julho a novembro, as baleias jubarte podem ser vistas no litoral da Bahia. Chegam para a reprodução.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: Prefeitura do Rio retoma vacinação da primeira dose

Aplicação da vacina estava suspensa desde a última sexta-feira por falta de estoques.

Baixar arquivo