Rio de Janeiro define como será volta às aulas

Plano prevê também vacinação de professores

Publicado em 27/01/2021 - 22:47 Por Tatiana Alves - Rio de Janeiro

As aulas remotas na rede municipal do Rio de Janeiro retornam no próximo dia 8. Já as presenciais, recomeçam no dia 24 de fevereiro. Para isso, os profissionais de educação serão vacinados contra a Covid-19 logo depois dos idosos. A informação foi divulgada pela Prefeitura da capital fluminense nesta quarta-feira (27).

Uma das primeiras ações será a distribuição de livros, materiais e atividades para os alunos estudarem de casa.

Duas semanas após a retomada, a Prefeitura prevê lançar uma plataforma digital para possibilitar aulas ao vivo. Será o aplicativo Rio Educa, que terá apoio de canais de tv aberta e fechada na sua divulgação. A intenção é distribuir pacotes de dados de 1gb por mês para os cerca de 640 mil alunos.

O secretário de Educação, Renan Ferreirinha, destaca que mesmo facultativo, o retorno presencial tem um valor social, tanto para estudantes, quanto para os profissionais envolvidos.

A quantidade de alunos nas salas para a retomada das aulas vai depender do risco epidemiológico da área onde fica a unidade. Atualmente, todas as regiões administrativas do Rio estão com risco alto.

 

Caso a demanda seja maior que a capacidade, terá que ser feito um rodízio de estudantes. No entendimento do secretário de Saúde, Daniel Soranz, este é o momento de reabrir as escolas municipais.

 

O membro do Comitê Especial de Enfrentamento da Covid-19 da Prefeitura e professor da Universidade Estadual do Rio, Carlos Alberto Oliveira destaca que a prioridade é manter os estudantes ativos, seja remota ou presencialmente.

 

A previsão é que até o dia 10 de abril todas escolas que a Prefeitura do Rio consideram aptas, voltem a funcionar.

 

Segundo a Secretaria de Educação, das mais de 1.400 unidades, 43 não têm condição de retornar. A reforma desses locais deverá custar até R$ 35 milhões.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

MP do Rio começa a ouvir testemunhas de ação policial no Jacarezinho

De acordo com nota publicada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, o órgão se colocou à disposição para receber as testemunhas e os familiares das vítimas.

Baixar arquivo
Esportes

Sport vence Salgueiro e está na final do campeonato pernambucano

Nessa segunda-feira (10) o Sport venceu o Salgueiro e foi classificado para a final do campeonato pernambucano contra o Náutico.

E hoje é dia de Taça Libertadores da América. Confira as notícias do futebol com Bruno Mendes. 

Baixar arquivo
Geral

Feirantes da Manaus Moderna vão trabalhar em balsa durante as cheias

Com a subida do Rio Negro, que ultrapassou a cota de inundação severa, com 29,47 metros, cerca de 200 feirantes da Manaus Moderna vão trabalhar em uma balsa. Nesta segunda-feira, o Ministério do Desenvolvimento Regional, reconheceu a situação de emergência em Manaus,

Baixar arquivo
Política

Piso salarial para enfermeiros pode ser votado no Senado

O projeto de lei que prevê um piso salarial nacional para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, além de parteiras da rede pública e privada pode ser colocado em votação nos próximos dias no Senado.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: internação de idosos entre 60 e 64 anos cresceu 12% no DF

Também preocupa a vacinação contra a covid-19 entre pessoas de 60 e 61 anos, que está abaixo do esperado. Até a última semana, apenas 36% desse público-alvo tinha se vacinado.

Baixar arquivo
Saúde

Vacina contra covid-19: começa imunização de pessoas com comorbidades

A campanha nacional de vacinação contra covid-19 entrou oficialmente em uma nova etapa, que é a vacinação de pessoas de 18 a 59 anos com algumas doenças pré-existentes - as chamadas comorbidades - e também gestantes, puérperas e pessoas com deficiência.

Baixar arquivo