Instituições que dominavam ensino a distância perderam menos alunos

Procura aumentou 50% desde o início da pandemia

Publicado em 08/06/2021 - 13:09 Por Maíra Heinen - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Desde o início da pandemia de covid, a procura por cursos a distância aumentou 50%. Mas, por outro lado, problemas. Tanto a taxa de inadimplência como a de evasão escolar cresceram. Os dados são de um estudo da Associação Brasileira de Educação a Distância.

De acordo com Betina von Staa, coordenadora da pesquisa, as instituições que já dominavam as tecnologias para o ensino a distância conseguiram perder menos alunos na pandemia.

Segundo Betina, essa modalidade foi a forma que as instituições de ensino tiveram para viabilizar a educação na pandemia e que, sendo favorável ou não a ela, esse formato segue como uma tendência.

O estudo traz ainda informações como o que levou os estudantes a desistirem das aulas: mais de 70% apontam a crise econômica, seguido de 47,1% a dificuldade dos alunos de se adaptar ao ensino remoto emergencial.

Para a pesquisa, foram ouvidas 51 instituições de ensino, sendo 78% do setor privado e pouco mais de 21% do setor público. O levantamento foi feito entre os dias 20 de março e 30 de abril e contou com a participação da maioria dos estados brasileiros.

Edição: Leila dos Santos/ Renata Batista

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Economia

Câmara aprova desestatização da Eletrobras

O texto-base da medida foi aprovado por 258 votos a 136. A medida já havia sido aprovada pela Câmara, mas sofreu alterações no Senado na semana passada e, por isso, precisou passar por nova votação dos deputados.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: Queiroga diz que adultos serão vacinados até setembro

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, prometeu nesta segunda-feira vacinar toda população adulta contra o coronavírus com pelo menos uma dose até setembro. Nesta segunda-feira chegou a 501 mil o número de mortos pela covid -19.

Baixar arquivo
Política

Ministros do TSE esclarecem segurança da urna eletrônica a deputados

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral receberam durante a tarde um grupo de deputados federais que fazem parte da comissão especial que discute a Proposta de Emenda à Constituição do voto impresso. Eles conheceram detalhes do sistema de votação eletrônica.

Baixar arquivo
Saúde

Grávidas e puérperas já podem ser vacinadas no DF contra a covid-19

As grávidas e as mulheres que ainda estão no período de resguardo pós parto, de 45 dias -  as puérperas - já podem ser vacinadas no Distrito Federal contra a covd-19. Mas é preciso se cadastrar no sistema de agendamento da Secretaria de Saúde.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: Pesquisa aponta que vacinação evitou 40 mil mortes de idosos

Pesquisa aponta que este ano vacinação já evitou mais de 40 mil mortes de idosos pela covid-19 no Brasil. Os cálculos,indicam que sem a vacinação, a tendência era que em 2021, nos seis primeiros meses, o número de mortes de idosos com mais 70 anos ultrapassaria os 90 mil.

Baixar arquivo
Geral

Em 2019, 1,8 milhão de crianças foram submetidas ao trabalho infantil

1,8 milhão de crianças e adolescentes foram submetidas ao trabalho infantil em 2019, e o trabalho infantil tem um perfil de cor e idade.

Baixar arquivo