23 estados já anunciaram retorno das aulas presenciais

Publicado em 02/08/2021 - 08:10 Por Beatriz Albuquerque - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Mariane Reis é mãe de 4 crianças. Depois de muitos meses em casa, voltar para escola tem sido sinônimo de alegria e alívio. Mariane conta que o isolamento e as aulas online impactaram muito no estado emocional dos filhos. A decisão de mandar para escola foi difícil, mas ela acredita que é a melhor opção.

Depois de 1 ano e 6 meses fechadas, a maioria das escolas públicas do país deve reabrir neste mês de agosto. Até agora, 23 estados já anunciaram o retorno das aulas presenciais. Apenas Paraíba e Acre têm previsão de retorno em setembro, quando a vacinação dos professores deve incluir a segunda dose. Roraima é o único estado sem data prevista.

Cada estado vai adotar um modelo de retorno diferente: alguns de forma 100% presencial e outros na modalidade híbrida, que mescla atividades na escola e outras remotas. Em São Paulo, o governo permitiu a volta de 100% dos alunos. No Rio de Janeiro, o retorno terá restrições que variam entre 40% e 75% dos alunos. Minas Gerais, Bahia, Tocantins, Sergipe, Alagoas e Amazonas devem receber apenas metade dos estudantes. 

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, fez um chamado, em pronunciamento em rede nacional, no dia 20 de julho, para que os estudantes voltem às aulas presenciais. O ministro Ribeiro destacou que o fechamento das escolas compromete o aprendizado e aumenta o abandono escolar. O ministro explicou que as escolas do Brasil estão preparadas para receber seus estudantes com toda segurança.

Mas o retorno presencial ainda divide muitas opiniões. Valdeir Pereira, presidente do SINTEP-MT, Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso, defende que o retorno das aulas para todas as escolas é precipitado, já que cada cidade tem uma realidade diferente com relação à vacinação e segurança sanitária. Valdeir Pereira explica que é preciso avaliar cada caso de maneira individual para garantir a segurança de alunos, professores e famílias. 

As aulas presenciais nas escolas públicas e particulares foram suspensas em março do ano passado com a chegada do coronavírus ao Brasil. A rede privada de ensino já iniciou a retomada das aulas presenciais desde outubro de 2020. 


 

Edição: Leila Santos / GT Passos

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Correios fazem leilão de 701 mil itens a partir de segunda-feira (27)

São os chamados refugos, ou seja, produtos que continuam aos cuidados dos Correios, mesmo após várias tentativas de entrega aos destinatários.

Baixar arquivo
Geral

Novo aplicativo do Bolsa Família já tem 200 mil downloads

Quem ainda não tem o aplicativo, pode fazer o download nas lojas virtuais para os sistemas IOS e Android.

Baixar arquivo
Cultura

80% da população ainda ouve rádio, diz pesquisa

É o que aponta o estudo Inside Radio 2021, da Kantar IBOPE Media. E mesmo aumentando a audiência das rádios pelo celular, as pessoas preferem é escutar no aparelho de rádio tradicional.

Baixar arquivo
Cultura

Nova edição da ViradaSP começa neste sábado em Mogi das Cruzes (SP)

Na programação de hoje estão apresentações do rapper Rael, da cantora Adriana Moreira e do cantor e contador de causos Rolando Boldrin, no quadro Rolando Prosa.

Baixar arquivo
Economia

Caixa inicia pagamento da sexta parcela do Auxílio Emergencial

Saques em dinheiro e transferências bancárias para quem nasceu em maio serão liberados no dia 8 de outubro. Valores podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem.

Baixar arquivo
Economia

Fim de ano pode gerar 94 mil vagas de empregos temporários, diz CNC

O cálculo é da CNC, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. Economista alerta que a previsão depende do controle da pandemia.

Baixar arquivo