Há sete anos, Igreja Católica canonizou papa João Paulo II

João Paulo II trouxe ao papado debate sobre direitos humanos

Publicado em 22/10/2021 - 11:10 Por Rádio Nacional - Brasília

Em 22 de outubro de 1978, o polonês Karol Józef Wojtyła realizou sua primeira missa como papa João Paulo II. Aos 58 anos, Wojtyła havia se tornado o chefe da Igreja Católica há uma semana. O sacerdote foi escolhido para substituir o papa João Paulo I, que morreu 33 dias depois de dar início ao pontificado. 

O polonês foi escolhido depois que cardeais de todo o mundo, com menos de 80 anos, se reuniram na Basílica de São Pedro, na cidade do Vaticano, dez dias após o funeral de João Paulo I. Com quase 32 anos de vida dedicada à Igreja, Wojtyła foi o primeiro papa não nascido na Itália a ser escolhido, depois de quase meio século de líderes italianos. 

Sobrevivente do nazismo, levou para o papado sua experiência de vida, plantando na Igreja o debate sobre os direitos humanos e a liberdade religiosa. Como chefe da Igreja, sobreviveu a dois atentados: em maio de 1981, menos de três anos depois da posse, o papa foi atingido por dois tiros enquanto cumprimentava os fiéis na Praça São Pedro. Os disparos foram feitos pelo turco Ali Ağca. No bolso do atirador, havia um bilhete em que assumia toda a culpa pelo atentado - mas o papa João Paulo II nunca acreditou nisso e suspeitava que havia mandantes por trás do crime. 

Um ano depois, em 12 de maio de 1982, o sacerdote espanhol Juan Maria Fernandez Krohn conseguiu passar pelos seguranças e ferir o papa João Paulo II com uma faca, durante uma missa no Santuário de Fátima, em Portugal. Na ocasião, o papa conseguiu encobrir o ferimento e continuar com a celebração. Os detalhes do caso só foram revelados em um documentário, em 2008. 

Em março de 2000, o papa João Paulo II pediu perdão, em nome da Igreja, pelos erros cometidos contra as mulheres, os pobres e os indígenas. Em 2004, voltou a pedir perdão - dessa vez pela Inquisição. 

Durante o tempo em que esteve à frente da Igreja Católica, o papa João Paulo II visitou 129 países nos cinco continentes. Realizou várias cerimônias, em que foram proclamados 1.338 beatos e 482 santos. O papa João Paulo II morreu em 2 de abril de 2005, aos 84 anos, encerrando um pontificado de 26 anos. Foi sucedido pelo papa Bento XVI, que anunciou a beatificação de João Paulo II em maio de 2011. Três anos depois, em 2014, foi canonizado pelo papa Francisco e passou a ser chamado de São João Paulo II. A Igreja Católica comemora o santo em 22 de outubro. 

História Hoje 

Produção: Beatriz Evaristo 

Sonoplastia: Messias Melo 

Apresentação: Dilson Santa Fé

Edição: Renata Batista

Últimas notícias
Economia

Aneel anuncia bandeira Verde para dezembro

Somente os consumidores que recebem o benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica terão direito a bandeira verde. Os demais consumidores seguem na bandeira de Escassez Hídrica.

Baixar arquivo
Geral

Aeroviários cancelam greve programada para amanhã (29)

O Sindicato Nacional dos Aeronautas informou que funcionários decidiram, em votação on-line, aceitar a proposta para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho. 

Baixar arquivo
Saúde

Alagoas divulga protocolos de segurança para temporada de cruzeiros

Os viajantes e tripulantes, de procedência nacional ou internacional, devem ser monitorados durante todo o percurso, seguindo o protocolo sanitário disposto pela companhia do navio.

Baixar arquivo
Educação

Começa o segundo dia de provas do Enem 2021

O segundo dia de provas do Enem começou com a abertura dos portões ao meio dia. As provas começaram às 13h30 e os estudantes podem deixar os locais de provas às 15h30, sem o caderno de questões. Somente a partir das 18h será possível sair com o caderno de questões.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Parque Nacional do Iguaçu virava patrimônio natural mundial há 35 anos

No dia 28 de novembro de 1986, o parque, que fica no extremo oeste do Paraná, entrou para a seleta lista elaborada pela Unesco; área reúne mais de duas mil espécies de plantas, 400 espécies de aves e 275 quedas d’água.

Baixar arquivo
Geral

Holanda detecta 61 casos de Covid entre passageiros da África do Sul

Dois voos provenientes da África do Sul desembarcaram na Holanda com 61 passageiros contaminados pelo coronavírus. A suspeita é que eles estejam com a nova cepa, denominada Ômicron e com provável origem no país africano.

Baixar arquivo