Rio de Janeiro registra aumento de demanda por vagas em creches

Publicado em 10/05/2022 - 16:20 Por Tatiana Alves - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

A dificuldade em conseguir vagas em creches continua sendo uma realidade no Estado do Rio de Janeiro. Um relatório divulgado pela Defensoria Pública do Rio mostra um aumento de demandas registradas no órgão por falta de vagas em creches públicas. Entre janeiro e abril de 2022, a instituição recebeu mais de 1.500 referentes ao tema, número que já é maior ao registrado em todo ano de 2021. A Defensoria aponta ainda que a procura pelas creches é maior na zona oeste da capital, que concentra mais de dois terços das solicitações recebidas.

Ainda segundo o levantamento, quase todas as pessoas que buscam atendimento são mulheres e negras. Trata-se, portanto, de um problema que além das crianças, atinge também as mulheres. A divulgação dos números ocorre às vésperas da votação de um recurso no STF que discute o dever do poder público em assegurar o atendimento em creche e pré-escola às crianças de zero a cinco anos de idade.

O coordenador de Infância da Defensoria Pública, Rodrigo Azambuja, defende que essa é sim uma atribuição do poder público.

A cidade do Rio de Janeiro concentra quase 90% de residentes que buscaram vagas em creche na Defensoria. Os bairros com maior quantidade de solicitações são Campo Grande, Jacarepaguá, Taquara, Guaratiba, Curicica e Santa Cruz, todos na zona oeste.

Esse padrão já havia sido identificado nos levantamentos anteriores, quando também foi verificado que mais de 30% das pessoas residem no local há mais de 20 anos. Portanto, uma demanda antiga.

Edição: Jacson Segundo / GT Passos

Últimas notícias
Economia

Congresso debate importância do petróleo na transição energética

A redução das emissões de carbono no setor de óleo e gás foi um dos assuntos abordados nesta quinta-feira no Congresso Mercado Global de Carbono – Descarbonização & Investimentos Verdes.

Baixar arquivo
Geral

Podcast Entrevista é Nacional: a luta contra o abuso sexual infantil

A campanha Maio Laranja é um incentivo ao combate ao abuso e à exploração sexual infantil no Brasil.  A presidente do Instituto Infância Protegida, Raquel Vieira de Andrade Oliveira, fala da importância de conscientizar toda sociedade para evitar situações que colocam as crianças em risco

Baixar arquivo
Justiça

Supremo decide manter a Lei Seca com tolerância zero

O Supremo Tribunal Federal decidiu, por 10 votos a um, manter a Lei Seca do jeito que está: com tolerância zero, fiscalização rigorosa e punições exemplares. A maioria dos ministros acompanhou o entendimento do relator e presidente do STF, Luiz Fux.

Baixar arquivo
Política

Corregedoria da Câmara de SP abre processo por racismo contra vereador

A relatora foi a vereadora Elaine Mineiro, do PSOL, que recomendou a cassação de Camilo Cristófaro, sem partido.

Baixar arquivo
Geral

SP: Polícia Civil analisa novas imagens de ônibus de dupla sertaneja

No último dia 7 de maio, o ônibus tombou e matou 6 pessoas, entre elas o do cantor Aleksandro, que fazia dupla com Conrado, na altura da cidade de Miracatu, no interior de São Paulo.

Baixar arquivo
Economia

Ministério da Economia prevê inflação de 7,9% para 2022

A Secretaria de Política Econômica justificou que o aumento dos preços dos alimentos, dos combustíveis e dos serviços fez a equipe do governo revisar para cima a previsão do IPCA para 2022.

Baixar arquivo