Impactos do Comperj na qualidade do ar vão ser monitorados

Publicado em 18/07/2015 - 19:50 Por Joana Moscatelli - Rio de Janeiro (RJ)

Os futuros impactos da operação do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) na qualidade do ar do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, em Teresópolis, na Região Serrana, vão ser estudados até junho de 2016 pelo Instituto Estadual do Meio Ambiente (Inea).

 

A pedido de pesquisadores que atuam na reserva, os técnicos do Inea começaram a monitorar a situação atual do parque para servir de referência para avaliar a poluição causada pelo Comperj no futuro. A coordenadora do Manejo Ambiental do Parque da Serra dos Órgãos, Cecília Cronemberger, explicou que os dados coletados vão poder ser comparados com análises futuras.

 

A gerente de Qualidade do Ar do Inea, Mariana Palagano, informou que as informações vão ser recolhidas por uma unidade móvel adquirida pelo Estado do Rio de Janeiro para monitorar a qualidade do ar nos locais de competição dos Jogos Olímpicos.

 

A estação monitora poluentes como dióxido de enxofre, monóxido de carbono e ozônio. De acordo com o Inea, a unidade móvel já esteve no Parque Nacional de Tijuca e no Parque Estadual do Mendanha, no Rio de Janeiro. Em Niterói, o Parque Estadual da Serra da Tiririca também recebeu a estação do órgão.

 

Em 2016, com o fim do monitoramento no Parque da Serra dos Órgãos, a unidade vai analisar a qualidade do ar de locais de competição dos jogos olímpicos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Esportes

Botafogo vence Vasco e tem vantagem no jogo de volta da Copa do Brasil

O Botafogo saiu na frente no duelo com o Vasco pela quarta fase da Copa do Brasil. Em uma partida com poucas chances de gol, no Estádio Nilton Santos, o Alvinegro aproveitou melhor as oportunidades e venceu por 1 a 0, com gol de Babi.

Baixar arquivo
Geral

Semana de Trânsito reforça o papel de cada um para o bem coletivo

A cada 60 minutos, em média, pelo menos cinco pessoas morrem vítimas de acidente de trânsito no Brasil, segundo dados da pesquisa do CFM, o Conselho Federal de Medicina, realizada em 2019.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Queimados, sem comida ou casa: animais do Pantanal sofrem com fogo

Hoje, os bichos estão morrendo queimados ou sufocados. Também não conseguem refúgio ou alimento. Mas esse é só o começo, segundo especialistas: mesmo depois das chuvas, até os peixes vão sofrer com os incêndios florestais.

Baixar arquivo
Saúde

Números da Covid-19 desaceleraram no país na 2ª semana de setembro

No período analisado, o Brasil teve uma queda de 30% em relação à semana anterior. Mesmo assim,  o Brasil é o terceiro em número de casos e o segundo com a maior quantidade de mortes no mundo.

Baixar arquivo
Política

Em live, Bolsonaro diz que é contra privatizar Caixa e Banco do Brasil

Presidente também comentou decisão do STF sobre decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello de suspender um inquérito que apura as declarações do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro

Baixar arquivo