Justiça determina recuperação de rodovia na Bahia

Publicado em 02/05/2016 - 17:04 Por Sayonara Moreno, Agência Brasil - Brasília

Após determinação da Justiça Federal, a Secretaria de Infraestrutura da Bahia deve iniciar, nesta terça-feira, as obras de reparo na Rodovia BA-826, no município de Barreiras, oeste do estado, a 863 quilômetros da capital Salvador.


A decisão liminar saiu na última semana, quando a Justiça Federal acatou a ação civil pública movida pelo MPF, Ministério Público Federal, que argumentou que a rodovia está em condições críticas há mais de um ano. A estrada é a única via de acesso ao Aeroporto de Barreiras.


Segundo a determinação, o estado tem cinco dias para iniciar as obras de recuperação. O prazo se encerra amanhã. A iluminação também deve ser feita, mas pela prefeitura municipal. Em caso de descumprimento da decisão, os responsáveis podem pagar multa diária de R$ 10 mil.


A ação foi ajuizada pelo procurador da República João Paulo Lordelo. De acordo com ele, devido ao período de chuvas, surgiram buracos na pista “que colocam em risco a segurança dos motoristas". A ação também destaca que  "a iluminação pública local é insuficiente para que os passageiros cheguem em segurança aos terminais do aeroporto da cidade durante a noite.


No período em que a denúncia foi recebida pelo Ministério Público, um inquérito civil foi aberto para apurar a situação.  Mas a prefeitura de Barreiras e o governo estadual disseram não ter responsabilidade sobre a rodovia. E segundo o MPF, e negaram as recomendações do órgão.


Em nota, a Secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia informou que a recuperação da via de acesso ao Aeroporto de Barreiras está prevista para começar nesta terça feira e que “os serviços de manutenção visam melhorar a trafegabilidade da estrada”.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

AM: Vigilância em Saúde alerta para risco de doenças devido às cheias

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas alerta para o risco de transmissão de doenças, e faz um alerta: a população deve ficar atenta durante a limpeza das residências, para a presença de animais peçonhentos.

Baixar arquivo
Segurança

Formulário que avalia risco para mulher que sofre violência vira lei

Documento precisará ser aplicado preferencialmente pela Polícia Civil. Entre as questões a serem respondidas  estão se a vítima está grávida; se o agressor tem acesso a armas e faz uso de drogas ou álcool; e se os filhos já presenciaram as agressões.

Baixar arquivo
Cultura

Inhotim reabre as portas após mais de um ano sem funcionar

Para a reabertura, medidas de segurança foram reforçadas, como ter apenas 10% da ocupação total, no máximo 500 visitantes e funcionamento somente de sexta a domingo. O ingresso deve ser adquirido de forma antecipada no site do museu.

Baixar arquivo
Saúde

Ministério da Saúde anuncia ampliação de contrato com Butantan

Serão 30 milhões de doses a mais da CoronaVac para entrega no segundo semestre. Até agora, o acordo previa 100 milhões de unidades do imunizante produzido pelo instituto paulista.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: aumenta para sete o número de vacinas autorizadas no Brasil

A Organização Mundial da Saúde e as oito agências que fazem parte da Coalizão Internacional de Autoridades Reguladoras de Medicamentos fizeram hoje um apelo aos desenvolvedores de remédios e vacinas, para que ofereçam amplo acesso a dados clínicos de todos os novos medicamentos e vacinas.

Baixar arquivo
Justiça

Prazos processuais são suspensos no STF após instabilidade do sistema

Suspensão valeu para esta quinta e sexta-feira (7). Supremo diz que identificou acesso "fora do padrão" e tirou o site do ar para proteger sistema. Nenhum dado foi vazado, segundo a Corte.

Baixar arquivo