Beneficiários do auxílio-doença têm até amanhã para agendar revisão no INSS

INSS

Publicado em 04/08/2017 - 11:03 Por Danyele Soares - Brasília

Cerca de 55 mil segurados do INSS que recebem auxílio-doença têm até este sábado (05) para agendar a perícia de reavaliação. Eles foram convocados em publicação no Diário Oficial da União no dia 1º de agosto e foram chamados pela segunda vez.

 

Isso porque na primeira tentativa, o órgão enviou correspondências pelo correio, mas as cartas não chegaram porque os dados indicados no Sistema Único de Benefícios estavam incompletos ou desatualizados.

 

O contato para o agendamento deve ser feito pela central de teleatendimento do INSS, pelo número 135. Para saber se o nome está na lista, o beneficiário pode consultar o site do Diário Oficial da União, no endereço “portal.in.gov.br”. Depois é só colocar no campo de busca o nome completo entre aspas e selecionar a data de 1º de agosto de 2017.

 

Caso o segurado não passe pela reavaliação, o benefício pode ser suspenso.

 

* Matéria atualizada às 13h26 para complemento de informações.

Últimas notícias
Política

Governo estuda propor PEC para reduzir preços de combustíveis

Com a mudança constitucional, o governo não seria obrigado a compensar a redução dos impostos sobre combustíveis com a elevação de outros tributos, como determina a Lei de Responsabilidade Fiscal. 

Baixar arquivo
Educação

Enem 2022 vai ocorrer dias 13 e 20 de novembro

As provas do Enem 2022 - o Exame Nacional do Ensino Médio - devem acontecer nos dias 13 e 20 de novembro.

Baixar arquivo
Economia

Paulo Guedes diz que PIB deve crescer em 2022

A declaração do ministro foi feita durante a participação dele no Fórum Econômico Mundial, que acontece em Genebra, na Suíça, no painel sobre as Perspectivas Econômicas Globais.

Baixar arquivo
Esportes

Desafio do técnico do Corinthians é armar meio-campo

Sylvinho descarta Paulinho como 1º volante e vê pressão como natural. Técnico do Corinthians crê que protagonistas do time podem atuar juntos.

Baixar arquivo
Política

Olinda Bolsonaro, mãe do presidente da República, morre aos 94 anos

Após a morte da mãe, na madrugada desta sexta-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro (PL) cancelou compromissos em viagem à Guiana – país que faz fronteira com a região Norte do Brasil – e retornou ao país.

Baixar arquivo
Geral

Covid: Na Bahia servidores são afastados por não comprovarem vacinação

O governo da Bahia publicou no Diário Oficial as portarias que orientam o afastamento temporário de 283 servidores de 13 órgãos e secretarias do estado, por não comprovarem a vacinação contra a covid-19.

Baixar arquivo