Parentes de vítimas do desmoronamento tentam fazer reconhecimento de restos mortais

Desabamento

Publicado em 08/05/2018 - 22:01 Por Eliane Gonçalves - São Paulo

A mãe e o irmão de Selma Almeida da Silva, uma das possíveis vítimas do desmoronamento do edifício Wilton Paes de Almeida, saíram do interior da Bahia na segunda-feira (7) e chegaram na tarde de terça-feira (8) a São Paulo.

 

O irmão, William, seguiu direto para o Instituto Médico-Legal para fazer os exames de DNA e tentar identificar os restos mortais localizados entre os escombros do edifício.

 

Sonora: “Eu vim em busca da minha irmã, Selma Almeida Silva. Eu tenho pra mim que ela não está mais viva eu fui logo pro IML fazer o exame.”

 

Além de Selma, os dois filhos gêmeos dela, Vender e Elder, de 8 anos, também estão na lista de possíveis vítimas. Nesta terça-feira, os bombeiros localizaram um corpo pequeno, possivelmente de uma criança e os restos mortais de um adulto.


Ao todo, os bombeiros procuram oito pessoas desaparecidas. Foram confirmadas a localização de dois corpos, além do que pode ser os restos mortais de uma terceira pessoa. Cerca de 2 mil toneladas de ferro e concreto já foram retiradas do local.


Algumas famílias que moravam no prédio seguem acampadas no Largo do Paissandu. Com a previsão de chuva, foram instaladas lonas sobre colchões e barracas, que se concentram em frente à igreja de Nossa Senhora dos Homens Pretos.

 

Já as vistorias que a prefeitura de São Paulo começou a fazer com o objetivo de checar a situação dos 70 prédios ocupados em São Paulo continua sob sigilo. Segundo a defensora do núcleo de Moradia e habitação, Luiza Lins Veloso, as visitas das equipes técnicas chegaram a ser suspensas a pedido dos movimentos de moradia, que temem ações de remoção. Segundo a defensora, apenas uma vistoria foi realizada até agora em uma ocupação localizada na Avenida São João. As novas visitas só seriam retomadas na semana que vem.

 

A prefeitura nega a informação e diz que as visitas continuam, mas não informa quais e nem quantos prédios foram vistoriados. Segundo a União, uma ocupação, localizada na rua Marcondes, aconteceu nesta terça-feira.

 


O Ministério Público do estado recomendou que as vistorias não se limitem a analisar as áreas comuns dos prédios, mas também os espaços individuais, usados como habitação.

Últimas notícias
Geral

Distrito Federal abre abrigo provisório depois de recorde de frio

Por enquanto, são 100 vagas a serem preenchidas por ordem de chegada, para pernoite, das 20h até as 8h, no Ginásio do Centro Integrado de Educação Física, na quadra 907 Sul, região central da capital federal.

Baixar arquivo
Geral

Divulgada a lista de aprovados do concurso para o Censo 2022, do IBGE

Agora a próxima etapa será a de convocação e depois os aprovados serão chamados pelo IBGE para realizar treinamento.

Baixar arquivo
Economia

Equipe econômica aumenta previsão de alta para a inflação deste ano

De acordo com o Relatório de Receitas e Despesas do segundo bimestre, a inflação que, na previsão anterior, encerraria o ano em 6,5%, agora deve chegar a 7,9%, mais que o dobro do centro da meta de inflação anunciada para este ano, que seria de 3,5%. Já a previsão da taxa Selic subiu de 11,6% ao ano para 12,2%.

Baixar arquivo
Saúde

Brasileiro é o 1º caso de varíola dos macacos registrado na Alemanha

O rapaz, de 26 anos, viajou também para Portugal e Espanha antes de chegar a Alemanha. Ele estava há uma semana em Munique, cidade ao sul do país. A informação foi divulgada pelo Instituto de Microbiologia de Bundeswehr, ligado às forças armadas alemãs.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Agricultura lança campanha de promoção do produto orgânico

A campanha tem como objetivo detalhar os mecanismos de controle da qualidade orgânica que são utilizados no Brasil. Ou seja, ajudar o consumidor a identificar se determinado produto no mercado é orgânico e também a reconhecer as fraudes.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Frio começa a perder força na área central do país

O deslocamento de uma frente fria sobre o litoral da Bahia, associada a alta convergência de umidade vinda do Oceano Atlântico, vai favorecer a ocorrência de fortes chuvas no norte da região Nordeste.

Baixar arquivo