Justiça nega pedido de liberdade da namorada do Dr.Bumbum

Investigação

Publicado em 26/07/2018 - 19:22 Por Fabiana Sampaio - Rio de Janeiro

A Justiça do Rio de Janeiro negou o pedido de liberdade de Renata Cirne, namorada do médico Denis Furtado, conhecido como doutor Bumbum. Os dois  são investigados na morte da paciente Lilian Calixto, no  último dia 15 de julho.

 

Renata foi presa em flagrante no último dia 17, no momento em que recebia os pertences de Lilian, que estavam com um taxista.  Na decisão, o juiz Bruno Machado Manfrenatti, da 1ª Vara Criminal da Capital, afirmou que a prisão de Renata é necessária para a conclusão das investigações.

 

De acordo com o inquérito, outra paciente do médico afirmou que Renata era responsável por encontrar clientes e marcar consultas, e que o local onde seria feito seu procedimento era a residência da namorada de Denis.

 

No estacionamento do prédio foi encontrado um carro com medicamentos guardados, incluindo um remédio usado para cirurgias de glúteos.Além de Dênis e a namorada , está presa ainda Maria de Fátima Furtado, mãe do médico, que também teria participado do procedimento.

 

A técnica de enfermagem Rosilane Pereira da Silva teve o pedido de prisão negado pela Justiça e vai responder em liberdade. De acordo com a polícia civil, todos respondem por homicídio qualificado e associação criminosa.

 

A bancária Lilian Calixto saiu de Cuiabá, no Mato Grosso, para fazer um procedimento estético no bumbum, realizado no apartamento do médico, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.

 

Lilian passou mal após o procedimento e foi levada por Denis ao Hospital, mas já chegou em estado grave, não resistindo. 

 

Em outro caso envolvendo morte após procedimentos estéticos, a Polícia Civil interditou nessa quarta-feira, a clínica em Niterói, na região metropolitana, onde a  professora Adriana Ferreira, de 41 anos,  fez na semana passada uma lipoaspiração e um implante no bumbum.

 

O local vai passar por perícia. De acordo com o marido, Adriana passou mal e foi levada ao hospital no domingo, onde acabou falecendo. 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Governo vai expandir possibilidade de sinal de rádio FM

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, assinou nesta quinta-feira (13) uma portaria, junto com o presidente Jair Bolsonaro, para regularizar o serviço de retransmissão de rádio.

Baixar arquivo
Saúde

Rio registra aumento de leitos hospitalares pela 1ª vez em 10 anos

Após a perda de 16 mil leitos hospitalares, apenas entre 2011 e 2019, o Rio de Janeiro viu, em 2020, pela primeira vez, aumento no registro de vagas nas unidades de saúde.

Baixar arquivo
Política

Pesquisa DataSenado faz mapeamento de como a pandemia afetou o ensino

Estudante do oitavo ano do ensino fundamental em Brasília, Arthur Cardoso relata os desafios que tem enfrentado desde que as escolas fecharam, por consequência da pandemia do novo coronavírus.
 

Baixar arquivo
Saúde

Planos de saúde devem cobrir teste rápido de Covid-19

Os planos de saúde são obrigados a cobrir os testes sorológicos para a Covid-19. A medida foi aprovada pela Diretoria da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), por unanimidade, em reunião nesta quinta-feira (13).

Baixar arquivo
Economia

Governo lança aplicativo eSocial Doméstico para empregadores

A partir de agora o eSocial  tem aplicativo para celulares. Com a medida, empregadores poderão realizar registro do empregado e gerenciamento da folha de pagamento pelo celular.

Baixar arquivo
Política

Saúde diz que usou 48% dos recursos destinados ao combate à pandemia

O Ministério da Saúde gastou 48% dos recursos destinados exclusivamente para o combate à pandemia da Covid-19, informou o ministro interino da pasta, Eduardo Pazuello, durante audiência pública realizada nesta quinta-feira (13) no Congresso Nacional.

Baixar arquivo