STF mantém cancelamento de mais de 3 milhões de títulos de eleitores sem biometria

Eleições 2018

Publicado em 26/09/2018 - 20:08 Por Victor Ribeiro - Brasília

O plenário do Supremo Tribunal Federal decidiu por maioria de manter o cancelamento de títulos dos eleitores que não fizeram o cadastro da impressão digital, a biometria. Em março, quase 3 milhões e 400 mil títulos foram cancelados.

 

Na semana passada, o Partido Socialista Brasileiro pediu ao Supremo para permitir o voto desses eleitores. De acordo com o advogado do PSB, Daniel Sarmento, o cancelamento automático de títulos impede o exercício do direito constitucional de voto universal.

 

O relator, ministro Luís Roberto Barroso, criticou que o questionamento ao Supremo tenha ocorrido somente na semana passada, seis meses depois do cancelamento dos títulos de eleitores que não se recadastraram.

 

Barroso avaliou que o recadastramento biométrico é fundamental para manter o banco de dados da Justiça Eleitoral atualizado e reduzir a chance de fraude.


Os ministros Celso de Mello e Rosa Weber não participam do julgamento, porque se declararam impedidos. Dos 9 ministros que votam, 6 acompanharam o relator – Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes e o presidente da Corte, Antônio Dias Toffoli.

 

O ministro Ricardo Lewandowski abriu divergência e votou para permitir que eleitores com títulos cancelados possam votar já no primeiro turno, desde que devidamente identificados. Marco Aurélio acompanhou a divergência. O placar final foi de 7 a 2 a favor do cancelamento. 

Últimas notícias
Pesquisa e Inovação

Fiocruz celebra 122 anos com histórias de sucesso e projetos de futuro

Em 122 anos a fundação cresceu e está presente em todas as cinco regiões do Brasil, com núcleos em dez estados, além do Distrito Federal e ainda tem parcerias com instituições científicas de 50 países.

Baixar arquivo
Saúde

Amazonas: Oftalmologia Humanitária realizará cirurgias e doará óculos

Os moradores dos municípios de Barcelos, Santa Isabel e Novo Airão, no Amazonas vão receber atendimentos oftalmológicos de graça a partir deste domingo até o dia 7 de junho.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

ONU pede investigação "célere e completa" sobre morte em ação da PRF

Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, morreu depois de ser colocado por agentes da PRF dentro de uma viatura de onde saía muita fumaça. O IML de Sergipe identificou de forma preliminar a causa da morte como asfixia..

Baixar arquivo
Geral

Ao menos 33 pessoas morrem por causa das chuvas em Pernambuco

Uma única ocorrência neste sábado causou 19 óbitos: um deslizamento de barreira em uma comunidade na zona sul do Recife.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Dia da Dignidade Menstrual alerta para falta de acesso a itens básicos

Este sábado (28) é o Dia Internacional da Dignidade Menstrual, data que chama a atenção para a urgência de se garantir o acesso a itens de higiene, infraestrutura adequada e informação.

Baixar arquivo
Economia

Por liminar, justiça suspende demissões na Caoa Chery em Jacarei - SP

Segundo decisão da justiça do trabalho as dispensas coletivas precisam de prévia negociação considerando o impacto social que causam. A empresa tem prazo de cinco dias para o cumprimento da medida sob pena de multa de R$ 50 mil por dia. 

Baixar arquivo