História Hoje: Há 55 anos, o mundo recebia a notícia da morte da cantora francesa Edith Piaf

História Hoje

Publicado em 11/10/2018 - 07:00 Por Apresentação Dilson Santa Fé - Brasília

A voz de Edith  Piaf refletiu as tragédias da própria vida, mas o talento dela encantou platéias do mundo inteiro por três décadas com letras românticas de uma França dos velhos becos, das floristas, dos realejos e acordeons.

 

História Hoje: Programete sobre fatos históricos relacionados a cada dia do ano. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.

Últimas notícias
Justiça

STF torna réus antiga cúpula da PM do Distrito Federal

Todos são suspeitos de omissão durante os atos antidemocráticos. Os ministros também decidiram pela manutenção da prisão preventiva de todos os policiais militares, para não colocar em risco as investigações.

Baixar arquivo
Justiça

Plenário do STF condena mais 15 réus por atos de 8 de janeiro

As penas variam de 12 a 17 anos de prisão. Eles foram condenados ainda, a pagar de modo solidário, uma multa de R$ 30 milhões por danos morais coletivos.

Baixar arquivo
Segurança

Rio monta esquema de segurança para receber chanceleres do G20

A Polícia Federal mobilizou 500 agentes, sendo 300 atuando diretamente junto às delegações e, os demais, nos aeroportos e em grupos de pronta intervenção.

Baixar arquivo
Geral

Agentes da Força Nacional chegam em Mossoró nesta quarta

Eles vão se juntar ao grupo de 500 agentes das Polícias Federal, Rodoviária Federal e forças locais que atuam na operação de recaptura dos detentos que escaparam da prisão de segurança máxima de Mossoró no dia último dia 14.

Baixar arquivo
Cultura

Dia do Imigrante Italiano homenageia intensa troca cultural com Brasil

Entre os imigrantes, estavam os trabalhadores nas lavouras, inclusive do café, arquitetos, artistas plásticos, padres, alfaiates, além daqueles que iriam mais tarde ajudar a indústria nacional.

Baixar arquivo
Geral

Empresa responsável por obra em prédio que desabou no RJ é condenada

A Justiça do Rio de Janeiro condenou a empresa Tecnologia Organizacional, a TO Brasil, que fazia obras do Edifício Liberdade quando ele desabou em janeiro de 2012 e deixou 22 mortos, na região central da capital fluminense

Baixar arquivo