Campus da Unirio é interditado para limpeza das caixas d'agua após casos de hepatite A em estudantes

Saúde Pública

Publicado em 10/05/2019 - 09:38 Por Raquel Júnia - Rio de Janeiro

O Campus do Centro de Letras e Artes da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, a Unirio, foi interditado nesta quinta-feira (9) pela Vigilância Sanitária do Município do Rio após cinco casos confirmados de hepatite A em estudantes que frequentam o campus.

 

Segundo a reitoria da universidade, a interdição foi feita por razão cautelar já que os fiscais constataram falhas na higienização e armazenamento de água na unidade.

 

As aulas e atividades deste campos estão suspensas temporariamente.  No local funcionam o Instituto Villa Lobos,  a Escola de Letras, Escola de Teatro e o Restaurante Escola.

 

A Vigilância determinou que a Unirio realize a limpeza e higienização de todos os reservatórios de água, cisterna, caixas d’agua e rede de abastecimento, além de proceder para vedar corretamente os reservatórios e apresentar certificado de limpeza e laudos de potabilidade da água para consumo.

 

Após a constatação de que os procedimentos foram tomados e diante dos resultados dos laudos, o campus poderá voltar a funcionar.

 

A reitoria informou que já está sendo contratada emergencialmente uma empresa para os trabalhos, que já devem começar neste sábado (11) e têm prazo de conclusão estimado em 3 dias.

 

Segundo a Unirio, cinco casos de hepatite A em estudantes do Centro de Letras e Artes foram confirmados pelo Hospital Universitário Gafrée e Guinle, da mesma instituição, e um caso continua em análise. Outras três suspeitas foram descartadas. Os estudantes que contraíram a doença passam bem e, segundo a universidade, estão em estágio de recuperação.

 

A Unirio suspeita que  os casos tenham associação com a inundação do prédio ocorrida após as fortes chuvas no mês de abril.

 

Segundo a instituição, um laudo do dia 27 de março, atestou a potabilidade da água no restaurante escola.

 

Os estudantes estão sendo orientados a procurar o hospital universitário diante da suspeita de contaminação.

Últimas notícias
Geral

Brasil pode ser reconhecido com produtor mundial de chocolates finos

O Brasil está a caminho de ser reconhecido mundialmente como produtor de chocolate finos. Em 2019, recebeu o selo de país 100% exportador de cacau fino e de aroma da Organização Internacional do Cacau.

Baixar arquivo
Geral

PF investiga suspeitos de crimes e fraudes contra a Previdência Social

Os agentes cumprem nove mandados de busca e apreensão e dois de prisão preventiva, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Baixar arquivo
Geral

Brasil produziu 700 mil toneladas de chocolate em 2021

No Dia Mundial do Chocolate (06) é importante dizer que a iguaria não é só muito gostosa. Também oferece benefícios à saúde, se consumido com moderação.

Baixar arquivo
Economia

Pesquisa da CNC aponta que população brasileira está menos endividada

O percentual de endividados registrou, em junho, o segundo recuo seguido após alta recorde da série histórica em abril deste ano.

Baixar arquivo
Justiça

PF realiza três operações contra garimpo ilegal de ouro no Brasil

As investigações da Operação Ganância começaram em fevereiro de 2021 após uma denúncia envolvendo empresas de Porto Velho, capital de Rondônia, do ramo da saúde, com acusações de lavagem de dinheiro e licitações fraudulentas ligadas ao garimpo irregular na região. 

Baixar arquivo
Economia

Trabalhador gasta em média R$ 40 para almoçar fora de casa

Valor cresceu 17,4% em relação ao período pré-pandemia, em 2019. Os dados são da Associação Brasileira das Empresas de Benefícios ao Trabalhador.

Baixar arquivo