Belém entra em situação de emergência sanitária ambiental

Lixo

Publicado em 24/06/2019 - 18:27 Por Sayonara Moreno - Brasília

A indefinição sobre um novo local que possa receber o lixo coletado em Belém e na região metropolitana fez com que a prefeitura decretasse situação de emergência sanitária ambiental.

 

Segundo informou a prefeitura, a situação foi decretada devido ao curto prazo que resta – menos de quatro meses - para que Belém, Ananindeua e Marituba encontrem uma solução para a situação dos resíduos e a falta de local licenciado para receber os materiais.

 

Agora, com a situação de emergência, o município espera ganhar mais tempo para encontrar uma saída para o problema.

 

O documento prevê a possibilidade de “graves e irreversíveis” riscos à saúde pública, caso o serviço de destinação do lixo seja paralisado, após o prazo dado pela Justiça.

 

O decreto da situação de emergência tem previsão de 180 dias, tempo em que a prefeitura de Belém pretende manter os serviços essenciais na capital paraense e na região metropolitana.

 

Outra estratégia adotada é que, com o decreto, os licenciamentos para novos locais de destinação do lixo podem ser feitos sem seguir todos os trâmites burocráticos. As ações emergenciais podem ser adotadas, como a contratação de serviços e empresas.

 

No fim de maio, a Justiça deu um prazo de quatro meses para o encerramento das atividades no aterro sanitário de Marituba. Desde então, a região vem buscando alternativas, segundo a prefeitura, que criou um grupo de trabalho para pensar em soluções.

 

A prefeitura de Belém chegou a informar à Justiça que a empresa responsável pela coleta e tratamento do lixo dos moradores tentou suspender as atividades, mesmo restando quatro meses para o limite do aterro. A intenção era fazer com que a justiça obrigasse a empresa a manter a coleta dos resíduos na região.

Últimas notícias
Esportes

Série A: confira os resultados dos jogos que finalizaram a 37ª rodada

A classificação do Campeonato Brasileiro traz o Atlético Mineiro em primeiro, com 84 pontos; em segundo o Flamengo, com 71 e em terceiro o Palmeiras, com 63.

Baixar arquivo
Saúde

STF cobra medidas para barrar novas contaminações de Covid

O Ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, determinou que em 48h o governo federal decida sobre adoções de medidas para barrar novas contaminações de Covid a partir de passageiros vindos do exterior.

Baixar arquivo
Esportes

Confira os jogos de futebol desta segunda-feira

Ás 19h, o São Paulo enfrenta o Juventude e o Atlético Paranaense enfrenta o Palmeiras. Às 20h, o Flamengo recebe o Santos no Maracanã e Internacional e Atlético Goianiense jogam no Sul. O Cuiabá recebe o Fortaleza em Mato Grosso. E para fechar, às 21h, a Chapecoense vai enfrentar o Sport.

Baixar arquivo
Saúde

Prefeito de Nova Iorque exige vacinação obrigatória para setor privado

As campanhas de vacinação estão se reforçando em boa parte do mundo. O Chile começou a vacinar as crianças entre 3 e 5 anos contra a Covid nessa segunda-feira. O país também avança na vacinação da terceira dose, a chamada dose de reforço para adultos.

Baixar arquivo
Saúde

Mais de 90% da população, em 9 estados, estão vacinados contra a Covid

Nove estados brasileiros ultrapassaram a marca de 90% da população-alvo vacinada com a primeira dose da vacina. São eles: Santa Catarina, Roraima, São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraíba, Piauí, Paraná e Rio Grande do Sul.

Baixar arquivo
Segurança

Casos de feminicídios caem em São Paulo

No entanto, outras formas de violência contra a mulher aumentaram no período. É o caso da lesão corporal dolosa contra mulheres, ou seja, casos de agressão que não têm como resultado a morte das vítimas, aumentaram  9,3 % no estado e 35,9%  na capital paulista.

Baixar arquivo