Nível do Rio Negro ultrapassa 29 metros em Manaus

Cheia

Publicado em 04/06/2019 - 11:45 Por Juliana Cézar Nunes - Brasília

O governo do Amazonas começa esta semana a segunda etapa do plano de resposta às cheias. Serão atendidos 31 municípios banhados pelas calhas do Alto Solimões e do Amazonas. Entre eles, Manaus.

 

O nível do Rio Negro na capital do estado atingiu os 29 metros e 7 centímetros nessa segunda-feira (3).  A cota leva a cidade ao estado de emergência. Quinze bairros estão com monitoramento redobrado e 2,2 mil pessoas podem ser afetadas. 

 

A Defesa Civil municipal vai redobrar a construção de pontes e o trabalho de prevenção às doenças relacionadas às cheias. 

 

O secretário-executivo da Defesa Civil do Amazonas, Francisco Máximo, considera que Manaus está preparada para a assistência às famílias mais afetadas pelas cheias.

 

A maior preocupação do governo estadual, neste momento, é com as cidades sem infraestrutura para fazer o tratamento da água.

 

Sonora: “O Amazonas, apesar de concentrar a maior bacia hidrográfica do mundo, possui muitos municípios sem tratamento de água e de esgoto. A falta de água potável também tem causado muitos danos para os nossos ribeirinhos, principalmente danos à saúde. Esse ano estamos levando purificadores de água coletivo, que têm a capacidade de purificar água para mil pessoas. E essa tem sido realmente a inovação neste momento em que as ações complementares estão indo até os municípios.”

 

A assistência da Defesa Civil do Amazonas se concentra na resposta humanitária, com fornecimento de cestas básicas, kit higiene, colchões e kit dormitório suspenso, com rede, mosquiteiro e lençol.

 

Na primeira etapa do plano de resposta às cheias, foram atendidos 15 municípios e 118 mil pessoas.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Casos de Covid-19 crescem 21% em 14 dias no Brasil

O boletim epidemiológico apresentado nessa quinta-feira faz comparações da 48ª semana da pandemia, que compreende o período de 22 a 28 de novembro, com semanas anteriores. A variação de mortes em 14 dias teve um crescimento mais lento, 6%. Porém, duas regiões tiveram um salto no número de óbitos em duas semanas: o Sul, de 23%; e o Norte, de 25%.

Baixar arquivo
Geral

Atingidos por apagão no AP vão receber isenção da conta de luz

Os moradores do Amapá atingidos pelo apagão não vão pagar a conta de luz referente ao período de 26 de outubro a 24 de novembro.

Baixar arquivo
Segurança

Rede de migração ilegal para os EUA é alvo de operação em MG

Os investigados cobravam até US$ 22 mil dólares pelo processo. Os viajantes enfrentavam condições desumanas, eram forçados a corromper autoridades da imigração mexicana e ficavam submetidos a guias, conhecidos como coiotes, responsáveis pela travessia da fronteira.

Baixar arquivo
Internacional

ONU tira maconha da lista de drogas mais perigosas

A proposta foi aprovada por uma diferença pequena. 27 países votaram a favor da mudança, entre eles Estados Unidos, Canadá e grande parte da Europa. Outros 25 votaram contra. A medida não obriga os países a alterar suas legislações sobre a maconha.

Baixar arquivo
Educação

Prazo para renovação do Fies é prorrogado até 30 de dezembro

O prazo para renovação semestral dos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) foi prorrogado para 30 de dezembro, para contratos assinados até dezembro de 2017.

Baixar arquivo
Saúde

Pandemia: estudo quer medir impacto de práticas integrativas na saúde

Pesquisadores da Fiocruz vão avaliar se as práticas integrativas apresentam resultados positivos na saúde da população. SUS oferece 29 modalidades, entre elas a arteterapia, o yoga e o tai chi chuan.

Baixar arquivo