Três ex-governadores do Tocantins são denunciados pelo MP por improbidade administrativa

Improbidade administrativa

Publicado em 09/10/2019 - 21:11 Por Michelle Moreira - Brasília

O Ministério Público do Tocantins ingressou na Justiça com uma ação por improbidade administrativa contra três ex-governadores do estado: Marcelo Miranda, Siqueira Campos e Sandoval Cardoso.

 

Além deles, outras 19 pessoas – físicas e jurídicas - são acusadas de irregularidades em contrato, firmado em 2006, de construção de pontes e estradas no estado.

 

Segundo o Ministério Público, foram feitas manipulações nos valores das obras. A fraude teria causado prejuízo de cerca de R$ 24 milhões aos cofres públicos do Tocantins.

 

A ação civil solicita o bloqueio de bens dos supostos envolvidos em um total de R$ 96 milhões. O valor seria suficiente para ressarcir os danos causados ao governo, além de cobrir multa equivalente a três vezes o prejuízo.

 

De acordo com as investigações, o contrato assinado em abril de 2006 segue o mesmo esquema de contrato semelhante assinado em 1998, entre o governo do estado e um consórcio integrado pelas empresas Rivoli e Emsa.

 

Os grupos comerciais beneficiados retornavam parte do dinheiro para os agentes públicos, por meio de financiamento de campanhas eleitorais. São apontadas na ação judicial doações de campanha realizadas nas eleições de 2006, 2010 e 2014.

 

A defesa de Siqueira Campos alegou que ele não foi gestor desse contrato e que em 2006 Siqueira Campos já não era governador, tendo saído em 2002. Afirma ainda que o político tem sido absolvido de outros processos semelhantes e que o Ministério Público busca uma condenação sem provas.

 

A defesa do ex-governador Sandoval Cardoso e a empresa Emsa não deram retorno até o fechamento desta reportagem.

 

Não conseguimos contato com a defesa do ex-governador Marcelo Miranda e com representantes da empresa Rivoli.

Últimas notícias
Segurança

Perfis bloqueados no X por ordem judicial ainda fazem transmissões

Isso é o que diz um relatório parcial da Polícia Federal (PF) aberto para investigar o empresário norte-americano e dono do antigo Twitter, Elon Musk. Foi constatado ainda que os perfis interagem com usuários brasileiros.

Baixar arquivo
Justiça

E-mail indica que Samarco conhecia risco de colapso em Mariana

Um e-mail enviado por um ex-executivo da mineradora inglesa BHP ao conselho de administração da Samarco está sendo utilizado pela defesa dos atingidos pela tragédia de Mariana (MG) como prova de que a empresa sabia dos riscos de rompimento da barragem.

Baixar arquivo
Saúde

Mortes por dengue em 2024 já superam as do ano passado em 37%

São 1.601 óbitos confirmados neste ano. Outras 2 mil mortes estão em investigação, e o total de casos da doença já passa de 3,5 milhões.

Baixar arquivo
Cultura

Programação do aniversário de Brasília tem show de Alok neste sábado

O palco para a atração do DJ é em formato de pirâmide e tem quase 30 metros. O show dele deve ocorrer a partir das 21h30, mas antes disso já vai ter muita música por lá. 

Baixar arquivo
Justiça

Nunes Marques prorroga prazo para pagamento de dívida de MG com União

O ministro do Supremo Tribunal Federal prorrogou por mais 90 dias o prazo para Minas Gerais pagar a sua dívida com a União. Esse prazo se encerraria neste sábado (20).

Baixar arquivo
Geral

Governo recua e Petrobras pode pagar 50% de dividendos extraordinários

A decisão veio nessa sexta-feira (19), após reunião do Conselho de Administração da empresa e será levada à Assembleia Geral marcada para a próxima quinta, dia 25.

Baixar arquivo