Atingidos por rompimento da Vale em Brumadinho bloqueiam linha férrea em MG

Tragédia de Brumadinho

Publicado em 19/11/2019 - 16:22 Por Lucas Pordeus León - Brasília

Um grupo de atingidos pelo rompimento da barragem em Brumadinho bloqueou, em protesto, uma linha férrea nesta terça-feira, no município de Mário Campos, em Minas Gerais.


Os manifestantes apresentaram uma pauta com 10 reivindicações. Entre elas, a prorrogação do auxílio emergencial por mais um ano e uma reunião com o alto escalão da mineradora Vale.


Estão previstas duas audiências com a Justiça paras os dias 21 e 28 de novembro, em Belo Horizonte, mas o comerciante Tomas Medson reclama que a empresa só envia advogados sem poder de decisão.


“Sempre vai advogado que não tem poder de determinar alguma coisa ou resolver naquele momento. O que nós necessitamos é isso, para que a gente possa ter o mínimo por mais um ano. Além disso, a questão das buscas, que continuem”.


Medson mora na colônia Santa Isabel, a 150 metros do rio Paraopeba. Ele destaca que uma das pautas pede soluções para o problema da água, que foi prejudicada com o derramamento de rejeitos da mineração na bacia hidrográfica da região.


“Eu cresci no rio nadando, pescava, e hoje o rio vive morto, com contaminação altíssima. Estamos lutando por uma questão geral, porque até a região metropolitana já vem [sendo divulgado] os laudos que vai faltar água. Então essa luta não é só para os atingidos que estão na bacia do Rio Paraopeba”.


O grupo ainda pede a contratação imediata de assessorias técnicas para avaliar os danos causados pelo rompimento e, com isso, possibilitar a reparação dos atingidos; e também a manutenção da busca pelas 16 vítimas que seguem desaparecidas.

 

Questionada de pretende atender a pauta apresentada, a Vale apenas afirmou que realiza encontros regulares com representantes legítimos dos atingidos, visando uma reparação rápida e respeitosa.

Últimas notícias
Segurança

Perfis bloqueados no X por ordem judicial ainda fazem transmissões

Isso é o que diz um relatório parcial da Polícia Federal (PF) aberto para investigar o empresário norte-americano e dono do antigo Twitter, Elon Musk. Foi constatado ainda que os perfis interagem com usuários brasileiros.

Baixar arquivo
Justiça

E-mail indica que Samarco conhecia risco de colapso em Mariana

Um e-mail enviado por um ex-executivo da mineradora inglesa BHP ao conselho de administração da Samarco está sendo utilizado pela defesa dos atingidos pela tragédia de Mariana (MG) como prova de que a empresa sabia dos riscos de rompimento da barragem.

Baixar arquivo
Saúde

Mortes por dengue em 2024 já superam as do ano passado em 37%

São 1.601 óbitos confirmados neste ano. Outras 2 mil mortes estão em investigação, e o total de casos da doença já passa de 3,5 milhões.

Baixar arquivo
Cultura

Programação do aniversário de Brasília tem show de Alok neste sábado

O palco para a atração do DJ é em formato de pirâmide e tem quase 30 metros. O show dele deve ocorrer a partir das 21h30, mas antes disso já vai ter muita música por lá. 

Baixar arquivo
Justiça

Nunes Marques prorroga prazo para pagamento de dívida de MG com União

O ministro do Supremo Tribunal Federal prorrogou por mais 90 dias o prazo para Minas Gerais pagar a sua dívida com a União. Esse prazo se encerraria neste sábado (20).

Baixar arquivo
Geral

Governo recua e Petrobras pode pagar 50% de dividendos extraordinários

A decisão veio nessa sexta-feira (19), após reunião do Conselho de Administração da empresa e será levada à Assembleia Geral marcada para a próxima quinta, dia 25.

Baixar arquivo