Operação Elétron mira ex-diretor da Aneel

Polícia Federal

Publicado em 22/11/2019 - 15:38 Por Sayonara Moreno - Brasília

Uma investigação que apura suposto recebimento indevido de valores por um ex-diretor da Aneel, Agência Nacional de Energia Elétrica, levou agentes da Polícia Federal às ruas de Brasília nesta sexta-feira. Foram dois mandados de busca e apreensão cumpridos durante a Operação Elétron para coletar elementos que auxiliem nas investigações.


A suspeita começou depois que a CGU, Controladoria Geral da União, emitiu uma nota técnica apontando indícios de irregularidades em decisões tomadas por membros da diretoria da Aneel entre 2010 e 2013. Os nomes dos investigados não foram divulgados.


Segundo o parecer da CGU, as decisões tomadas pelos suspeitos contrariavam os pareceres técnicos da própria agência reguladora de energia, o que acabava beneficiando empresas do ramo, causando prejuízo aos cofres públicos que ultrapassam R$ 12 milhões.


Outro ponto que chama atenção da Polícia Federal e da CGU é que um ex-diretor foi nomeado diretor de 13 empresas na área de energia sete meses depois que deixou a Aneel. Além disso, foi apurado que ele criou uma empresa de consultoria na área e depois passou a receber, na conta pessoal e na da companhia, diversas transferências bancárias e depósitos de outras empresas de energia elétrica. Com isso, ele pode ter atuado em algumas decisões, de forma a beneficiar essas empresas.


Essas mesmas contas, do ex-diretor e do empreendimento dele, tiveram aumento em até quatro vezes mais, no recebimento de depósitos, entre 2011 e 2013. A questão é que esses valores não eram declarados no ajuste anual do período, o que levou a CGU a entender que as transferências são uma forma de pagamento pelos benefícios obtidos pelas empresas durante a atuação do investigado como diretor da Aneel.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

DF inicia vacinação contra Covid-19 nesta terça-feira

Serão imunizados, nesse primeiro momento, profissionais de saúde de instituições públicas e privadas e trabalhadores da linha de frente do atendimento, como profissionais de limpeza, vigilância e atendimento de hospitais e postos de saúde. Idosos acima de 60 anos e pessoas com deficiência que estiverem em instituições de longa permanência, além de indígenas, também serão imunizados.

Baixar arquivo
Saúde

Primeiras vacinadas no RJ são imunizadas aos pés do Cristo Redentor

A idosa Terezinha da Conceição, de 80 anos, que vive em um abrigo da Prefeitura, e a técnica de enfermagem, Dulcinea da Silva Lopes, de 59 anos, receberam o imunizante da CoronaVac no início da noite desta segunda-feira.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: idosa moradora de abrigo é a primeira vacinada em Goiás

Em Mato Grosso do Sul, indígena, idosa e médico foram os primeiros imunizados. Mato Grosso também fez a estreia da vacina nesta segunda-feira, com um profissional de saúde.

Baixar arquivo
Saúde

Piauí foi o primeiro estado do Nordeste a vacinar contra Covid-19

Um médico obstetra de 75 anos foi o primeiro piauiense imunizado. No Ceará, as doses chegaram no fim da tarde desta segunda-feira. A remessa para os demais estados sofreu atrasos.

Baixar arquivo
Saúde

FAB faz quatro voos por dia para abastecer oxigênio no Amazonas

Em entrevista nesta segunda-feira (18), governador Wilson Lima afirmou que o estado tem conseguido amenizar a falta de oxigênio, principalmente nas unidades de saúde das cidades do interior, com o apoio da Força Aérea Brasileira. Situação deve ser normalizada nesta terça, com o envio, pela Venezuela, de 107 mil m³ de oxigênio.

Baixar arquivo
Saúde

Começa vacinação em Santa Catarina; primeiro imunizado é um enfermeiro

Paraná e Rio Grande do Sul podem começar ainda hoje a aplicar CoronaVac em grupos prioritários

Baixar arquivo