Com horário restrito, lojas de roupas e calçados voltam a abrir nesta segunda no Distrito Federal

Horário restrito

Publicado em 18/05/2020 - 08:38 Por Beatriz Evaristo - Brasília

A partir desta segunda-feira (18), lojas de roupas e de calçados podem abrir as portas em todo o Distrito Federal. 

 

A autorização saiu em um novo decreto publicado nesse sábado (16), em uma edição extra do Diário Oficial do DF. Serviços de corte e costura, assim como lojas de extintores de incêndio, também podem reabrir.


Mas as portas só podem ficar abertas ao consumidor em horário restrito de 11h às 19h. Já os horários de entregas em domicílio e retirada de produtos no local ficam a critério do estabelecimento.


Para atender diretamente ao consumidor, as lojas precisam seguir algumas medidas de segurança como garantir a distância mínima de dois metros entre as pessoas; fornecer equipamentos de proteção individuais a todos os empregados, colaboradores, terceirizados e prestadores de serviço; organizar uma escala de revezamento por dia ou horário de trabalho.

 

Aqueles trabalhadores que pertencem ao grupo de risco como idosos, gestantes e pessoas com comorbidades, não devem fazer o atendimento presencial dos clientes.


O decreto diz ainda que, para atender ao público, as lojas devem adotar o agendamento prévio ou outra forma de evitar aglomerações. Assim como já estava definido para os setores em funcionamento, o estabelecimento também deve disponibilizar álcool em gel e  aferir a temperatura dos consumidores e empregados.

 

No caso dos trabalhadores, os dados precisam ficar registrados em uma planilha. O governo considera estado febril temperatura igual ou superior a 37,3 °C.

 

Na mesma edição extra do Diário Oficial, ficou definido o uso de máscaras de proteção facial, em todos os espaços públicos, vias públicas, equipamentos de transporte público coletivo e estabelecimentos comerciais, industriais e de serviços no âmbito do Distrito Federal.

 

Quem não seguir a orientação, pode pagar multa que varia de R$2 mil para pessoa física a R$4 mil para pessoa jurídica.
 

Últimas notícias
Geral

Distrito Federal abre abrigo provisório depois de recorde de frio

Por enquanto, são 100 vagas a serem preenchidas por ordem de chegada, para pernoite, das 20h até as 8h, no Ginásio do Centro Integrado de Educação Física, na quadra 907 Sul, região central da capital federal.

Baixar arquivo
Geral

Divulgada a lista de aprovados do concurso para o Censo 2022, do IBGE

Agora a próxima etapa será a de convocação e depois os aprovados serão chamados pelo IBGE para realizar treinamento.

Baixar arquivo
Economia

Equipe econômica aumenta previsão de alta para a inflação deste ano

De acordo com o Relatório de Receitas e Despesas do segundo bimestre, a inflação que, na previsão anterior, encerraria o ano em 6,5%, agora deve chegar a 7,9%, mais que o dobro do centro da meta de inflação anunciada para este ano, que seria de 3,5%. Já a previsão da taxa Selic subiu de 11,6% ao ano para 12,2%.

Baixar arquivo
Saúde

Brasileiro é o 1º caso de varíola dos macacos registrado na Alemanha

O rapaz, de 26 anos, viajou também para Portugal e Espanha antes de chegar a Alemanha. Ele estava há uma semana em Munique, cidade ao sul do país. A informação foi divulgada pelo Instituto de Microbiologia de Bundeswehr, ligado às forças armadas alemãs.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Agricultura lança campanha de promoção do produto orgânico

A campanha tem como objetivo detalhar os mecanismos de controle da qualidade orgânica que são utilizados no Brasil. Ou seja, ajudar o consumidor a identificar se determinado produto no mercado é orgânico e também a reconhecer as fraudes.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Frio começa a perder força na área central do país

O deslocamento de uma frente fria sobre o litoral da Bahia, associada a alta convergência de umidade vinda do Oceano Atlântico, vai favorecer a ocorrência de fortes chuvas no norte da região Nordeste.

Baixar arquivo