Pesquisa aponta medo de agentes prisionais diante da pandemia

FGV

Publicado em 02/06/2020 - 12:30 Por Maíra Heinen - Brasília

Medo, aumento de tensão, falta de equipamentos para trabalhar e ausência de orientação para atuar durante a crise. Essas foram algumas respostas dadas por agentes prisionais a uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas, sobre a percepção da categoria diante da pandemia do novo coronavírus.

 

O questionário foi feito de forma virtual com 301 agentes prisionais de todas as regiões do país. E o sentimento comum, em mais de 80% dos entrevistados, é o medo: de adoecer, de contaminar a família, e da tensão que aumenta nos presídios com a falta de visitas e o isolamento maior dos apenados.

 

A professora e pesquisadora da FGV, Gabriela Lotta, coordena o Núcleo de Estudos da Burocracia, que realizou a pesquisa. Ela aponta que o sentimento predominante tem duas dimensões: o medo da doença em si e ainda o medo de que a tensão se agrave num local onde o estresse é sempre presente.

 

"Os dados estão mostrando que esses profissionais estão numa situação de estresse e de risco e sentindo, em geral, pouco suporte governamental para enfrentar esse momento".

 

Mais da metade dos entrevistados disseram não sentir apoio dos governos estaduais, mas o dado varia entre as regiões. No Sudeste, por exemplo, a sensação de apoio foi relatada por apenas 11,26% dos entrevistados, enquanto no Sul o dado chega a 46,15%. Oito em cada dez agentes prisionais entrevistados não se sentem preparados para lidar com a crise da Covid-19 ou não souberam responder.

 

Apenas um terço dos agentes apontam ter recebido Equipamentos de Proteção Individual. Há, também neste quesito, grande variação entre as regiões. O Sul se destaca positivamente, onde 53,84% dos profissionais receberam os equipamentos. Já na região Norte, o indicador é de apenas 26,66%.

Últimas notícias
Economia

Carlos França afirma que entrada do Brasil na OCDE trará investimentos

O ministro das relações exteriores, Carlos França afirmou que a entrada do Brasil na OCDE vai ajudar a trazer investimentos estrangeiros e criar um ambiente de negócios favorável ao país.

Baixar arquivo
Saúde

Boletim da Fiocruz aponta aumento de casos de covid em todo o país

São 25 unidades da federação que apresentam ao menos uma macrorregião de saúde com nível de casos semanais de Síndrome Respiratória Aguda Grave considerado muito alto ou extremamente alto. 

 

Baixar arquivo
Saúde

Hospitais federais do RJ vão receber mais 1.700 profissionais de saúde

Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro tem cobrado a realização de concursos públicos para substituir de forma definitiva os profissionais que atuam com contratos temporários.

Baixar arquivo
Política

Voo com 211 brasileiros deportados dos EUA chega ao Brasil

Coordenadoria da Infância e Juventude do TJ-MG informou que 90 crianças que desembarcaram do voo humanitário estavam acompanhadas por pelo menos um responsável com vínculo biológico e que nenhuma precisou ir para abrigos.

Baixar arquivo
Geral

Trotes para serviços de emergência viram multa no Acre

Nos últimos três anos, o Acre registrou mais de 15 mil trotes. E esse não é um problema que atinge somente os serviços de urgência no estado.

Baixar arquivo
Economia

Aumento de contaminações por covid desacelera crescimento do turismo

A onda da pandemia de covid-19 provocada pela variante ômicron fez com que destinos turísticos muito procurados no país tivessem redução na oferta de voos diários ao longo do mês de janeiro.

Baixar arquivo