Prefeitura do Rio cria canal de denúncias anticorrupção

Anonimato é permitido

Publicado em 22/06/2020 - 19:50 Por Tatiana Alves - Rio de Janeiro

A Prefeitura do Rio de janeiro lançou um canal para denúncias anticorrupção, o serviço “Anticorrupção Carioca”. O serviço é exclusivo para receber denúncias sobre improbidade, corrupção, fraude, propinas, desvios de recursos e de qualquer tipo de vantagem. Outras denúncias continuam a ser recebidas pelo canal 1746.


O próximo passo é a disponibilização de um formulário eletrônico nos sites oficiais da prefeitura para recebimento das denúncias, que terão o sigilo e a proteção das pessoas e das informações garantido, como explica a Controladora Geral do Município, Márcia Andréa dos Santos Peres.


Para fazer denúncias sobre casos de corrupção, basta enviar um e-mail para atuoparaaeticacarioca.cgm@pcrj.rj.gov.br ou ligar para (21) 2976-2976, nos dias úteis, de 10h às 17h.

Últimas notícias
Saúde

STF cobra medidas para barrar novas contaminações de Covid

O Ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, determinou que em 48h o governo federal decida sobre adoções de medidas para barrar novas contaminações de Covid a partir de passageiros vindos do exterior.

Baixar arquivo
Esportes

Confira os jogos de futebol desta segunda-feira

Ás 19h, o São Paulo enfrenta o Juventude e o Atlético Paranaense enfrenta o Palmeiras. Às 20h, o Flamengo recebe o Santos no Maracanã e Internacional e Atlético Goianiense jogam no Sul. O Cuiabá recebe o Fortaleza em Mato Grosso. E para fechar, às 21h, a Chapecoense vai enfrentar o Sport.

Baixar arquivo
Saúde

Prefeito de Nova Iorque exige vacinação obrigatória para setor privado

As campanhas de vacinação estão se reforçando em boa parte do mundo. O Chile começou a vacinar as crianças entre 3 e 5 anos contra a Covid nessa segunda-feira. O país também avança na vacinação da terceira dose, a chamada dose de reforço para adultos.

Baixar arquivo
Saúde

Mais de 90% da população, em 9 estados, estão vacinados contra a Covid

Nove estados brasileiros ultrapassaram a marca de 90% da população-alvo vacinada com a primeira dose da vacina. São eles: Santa Catarina, Roraima, São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraíba, Piauí, Paraná e Rio Grande do Sul.

Baixar arquivo
Segurança

Casos de feminicídios caem em São Paulo

No entanto, outras formas de violência contra a mulher aumentaram no período. É o caso da lesão corporal dolosa contra mulheres, ou seja, casos de agressão que não têm como resultado a morte das vítimas, aumentaram  9,3 % no estado e 35,9%  na capital paulista.

Baixar arquivo
Educação

No Pará, Alepa aprova ensino obrigatório de espanhol na rede pública

O projeto aprovado em dois turnos na Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) torna obrigatório a ministração da disciplina de língua espanhola aos alunos da rede paraense de ensino.

Baixar arquivo