INSS alerta para golpe de pessoas que ligam para segurados se passando por funcionários

Pelo telefone

Publicado em 28/07/2020 - 15:02 Por Nelson Lin - São Paulo

Segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) têm recebido ligações de pessoas que se passam por atendentes do órgão, mas, na realidade, são golpistas que solicitam dados pessoais ou o número do benefício.

 

Essas tentativas de golpe devem aumentar neste período, pois o INSS começou, na quarta- feira, dia 15, a entrar em contato com os segurados que precisam cumprir exigências, por meio de ligações da Central 135 ou envio de SMS, com orientações sobre como proceder para o envio de documentação.

 

Segundo Jobson de Paiva, diretor de atendimento do INSS, os funcionários  do órgão nunca pedem dados pessoais.

 

Dessa forma a orientação do INSS é que caso a pessoa receba uma ligação solicitando dados pessoais e informação do benefício, a orientação é para que o aposentado ou pensionista encerre a ligação imediatamente e entre em contato com a Central do INSS pelo telefone 135.

Últimas notícias
Economia

Ministério da Economia prevê inflação de 7,9% para 2022

A Secretaria de Política Econômica justificou que o aumento dos preços dos alimentos, dos combustíveis e dos serviços fez a equipe do governo revisar para cima a previsão do IPCA para 2022.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Projeto troca pilhas e materiais eletrônicos por verduras e hortaliças

Moradores de Palmas, no Tocantins, que tiverem pilhas, baterias, computadores, celular e outros eletrônicos inutilizados podem trocá-los por verduras, hortaliças e mudas de árvores no Instituto Natura Vida.

Baixar arquivo
Saúde

Doação de leite humano só atende metade da demanda no Brasil

Dia Mundial de Doação de Leite Humano, celebrado nesta quinta-feira (19), é uma iniciativa para a proteção e promoção do aleitamento materno. 

Baixar arquivo
Política

Presidente da República almoça com embaixadores de 18 países no Rio

Como exemplo de situações de instabilidade mundial, que demonstram a segurança oferecida pelo Brasil, Jair Bolsonaro citou os riscos de desabastecimento que vários países vêm passando.

Baixar arquivo
Geral

Rio de Janeiro: crimes contra a vida têm queda de 17%

Os dados são relativos aos primeiros quatro meses de 2022 na comparação com o mesmo período do ano passado. Foram 1.025 vítimas, o menor número desde 1991.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: número de testes positivos em farmácias cresce 54% em maio

Dos 210 mil testes realizados na primeira quinzena do mês, quase 50 mil comprovaram a infecção pelo coronavírus. Já em abril, foram 262 mil no total e cerca de 32 mil confirmaram a presença do Sars-Cov-2.

Baixar arquivo