Polícia Civil localiza carros usados em ataque a Criciúma

Cerca de 30 criminosos estão foragidos

Publicado em terça-feira, 1 Dezembro, 2020 - 11:56 Por Maíra Heinen - Brasília

Moradores de Criciúma, em Santa Catarina, viveram momentos de terror durante a madrugada desta terça-feira (1).

Bandidos cercaram o centro da cidade, provocaram incêndios e explosões e assaltaram a tesouraria regional de um banco. Eles arrombaram caixas eletrônicos, e quem passava pela rua, no momento do assalto, foi feito de refém e usado como escudo.

Na manhã desta terça-feira, a polícia civil conseguiu encontrar os 10 carros usados na ação dos bandidos na estrada que leva a cidade de Nova Veneza. Mas os cerca de 30 criminosos que participaram da ação ainda não foram encontrados.

O Instituto Geral de Perícias esteve durante a manhã no banco, colhendo informações no local do crime. Uma equipe da polícia também refez o trajeto do grupo e analisa as imagens das câmeras de segurança para tentar prender os integrantes do grupo.

Durante a manhã desta terça-feira, a situação esteve tranquila na cidade, segundo o delegado da Polícia Civil responsável pelas investigações, Ulisses Gabriel. Ele fez um relato de como os bandidos agiram.

Os ataques começaram por volta de meia-noite. Os bandidos invadiram a tesouraria regional de um banco, arrombaram caixas eletrônicos, provocaram incêndios, explosões e cercaram o centro da cidade. Quem passava pela rua, no momento do assalto, era feito de refém e usado como escudo.

Nas redes sociais, vários moradores postaram vídeos e fizeram relatos da situação de terror. O prefeito da cidade, Clésio Salvaro, fez um apelo, ainda durante os ataques, para que as pessoas não saíssem de casa.
Depois de duas horas, o bando deixou a cidade, mas espalhou cerca de 30 quilos de explosivos não detonados na frente da agência bancária. Segundo a Polícia Civil, o esquadrão antibombas desativou os artefatos.

Ainda não se sabe a quantidade de dinheiro que os assaltantes conseguiram levar, mas uma parte dos valores roubados foi deixada pelas ruas de Criciúma e quatro moradores que conseguiram pegar cerca de R$810 mil foram presos. Outras duas mochilas com aproximadamente R$ 300 mil também foram deixadas pelos criminosos.

 


 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Economia

Arrecadação de 2020 mostra recuperação da economia, afirma Guedes

Mesmo com a crise econômica causada pelo coronavírus no país em 2020, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que a queda na arrecadação dos impostos ficou acima do esperado pelas instituições financeiras.

Baixar arquivo
Saúde

Insumos para fabricar CoronaVac chegam nesta semana, diz Pazuello

Carregamento estava retido na China e deve gerar 8,5 milhões de doses. São 5,4 mil litros de IFA, Ingrediente Farmacêutico Ativo, que serão entregues ao Instituto Butantan. Ainda não há data para envio da matéria-prima necessária para produção da vacina de Oxford/AstraZeneca pela Fiocruz.

Baixar arquivo
Saúde

Rio vai começar a vacinar profissionais de saúde com mais de 60 anos

Ampliação da vacinação contra Covid-19 também vale para funcionários do sistema funerário. Na primeira fase foram priorizados trabalhadores que atuam na linha de frente do combate ao coronavírus, além de idosos e deficientes que vivem em abrigos e indígenas.

Baixar arquivo
Geral

Desastre em Brumadinho: após 2 anos, famílias ainda aguardam Justiça

A Associação dos Familiares de Vítimas e Atingidos do Rompimento da Barragem da Mina Córrego do Feijão (Avabrum) realizou atividades nesta segunda-feira para homenagear os mortos no desastre, pedir agilidade da Justiça no julgamento dos responsáveis pela tragédia e cobrar reforço nas buscas de 11 mortos que ainda estão desaparecidos.

Baixar arquivo
Saúde

Prefeitura do Rio faz campanha de orientação em áreas de lazer

Orientações sobre os cuidados necessários para se divertir com segurança nas áreas de lazer ao ar livre.

Baixar arquivo
Geral

Covid: 7 estabelecimentos são fechados no Rio durante fim de semana

Fiscalização contra aglomerações rendeu ainda 42 multas e o reboque de quase 300 veículos do Leme ao Grumari.

Baixar arquivo